Semana On

Segunda-Feira 20.set.2021

Ano X - Nº 461

Campo Grande

Reviva dá início à infraestrutura para garantir semaforização inteligente na área central

A semaforização inteligente permitirá entregar um serviço de qualidade para quem depende da via para se locomover, garantindo segurança e agilidade para pedestres e motoristas

Postado em 18 de Agosto de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura deu início no último dia 18 à infraestrutura para garantir semaforização inteligente na área central. A primeira intervenção ocorreu no cruzamento das ruas Joaquim Murtinho e José Antônio.

Esse procedimento será feito em todos os cruzamentos. É um serviço rápido, que dura em média três horas, e será executado diariamente nas esquinas. Durante a interdição, agentes da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) estarão dando suporte para controlar o trânsito.

“Estamos fazendo a melhoria da infraestrutura em todos os cruzamentos, deixando as caixas de espera para depois serem colocados os controladores e as botoeiras”, explica a engenheira civil Joice Iahn.

Reviva Campo Grande

A semaforização inteligente permitirá entregar um serviço de qualidade para quem depende da via para se locomover, garantindo segurança e agilidade para pedestres e motoristas. Para que o sistema de integração dos semáforos funcione ordenadamente, será instalado um controlador e um sistema de comunicação que liga os equipamentos à uma central de controle por meio de cabos de fibra óptica ou dados móveis 4G.

Na central de controle será feito o monitoramento em tempo real do sistema, permitindo interferências e a coordenação dos tempos semafóricos de forma remota. Com os tempos de espera, por exemplo, a redução de velocidade e de seguir em frente poderão ser alterados conforme o fluxo de veículos e pessoas, adequando o movimento do trânsito ao da cidade.

O projeto de semaforização inteligente vai contemplar, inicialmente, o maior e mais movimentado corredor de mobilidade urbana da cidade, o da Rua Rui Barbosa, mas a proposta é interligar toda a cidade.

Além da semaforização inteligente, o projeto do Corredor da Rui Barbosa prevê estações de embarque, wi fi gratuito, câmeras de videomonitoramento, padronização de calçadas, acessibilidade universal, iluminação em LED, paisagismo, recapeamento, drenagem e mobiliário urbano.


Voltar


Comente sobre essa publicação...