Semana On

Domingo 23.jan.2022

Ano X - Nº 475

Coluna

Revivendo o Samsung Tab S4

Depois de problemas com o dispay e investimentos altos para o reparo. Utilizando alguns periféricos e o modo Dex, resolvemos muitos problemas.

Postado em 12 de Agosto de 2021 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Como sabem, realizei a aquisição do Samsung Tab S4 no seu lançamento no final de 2018. Ele passou muito bem o ano de 2019, sobreviveu no difícil período de pandemia de 2020 e no ano de 2021, passou pela assistência técnica várias vezes até que eu encaixotei o dispositivo. Meses se passaram e com alguns projetos que eu necessitava testar em dispositivos Android, retirei o aparelho da caixa, fiz todas as atualizações e se poder enxergar nada pelo defeito do display, forcei o modo Dex e percebi que o tablet estava muito funcional em seu sistema.

Depois que iniciei os ajustei, comecei a estudar novos periféricos para tornar ele um verdadeiro computador e depois de uns ajustes, um novo dock, teclado, mouse sem fio e um monitor competente, revitalizei o aparelho que agora customizado se transformou em uma CPU. O tablet agora se tornou um computador de mesa e quando necessito realizar algum trabalho gráfico que necessita de uma caneta digital, faço a utilização da mesa Parblo e assim consigo otimizar muitos recursos.

Utilizando um Dock, você pode transmitir a tela do dispositivo em um monitor no modo tablet, ou Dex.

O ruim foi a perda da mobilidade, porém, consigo estender um pouco mais a vida útil do S4 para desenvolver tarefas pontuais e ainda testar jogos em uma tela maior. Ao olhar de longe, ele lembra mesmo um Mini PC, algo que está em evidência nesses últimos tempos. O S4 ainda recebeu atualizações de sistema e apesar de não ser nenhum lançamento e já um pouco ultrapassado, a ferramenta ainda é competente para diversas atividades do cotidiano.

Com os problemas do display, o jeito é conectar teclado e mouse e assim transformar todo o periférico em um computador.

Seja na produção de texto, desenvolvendo apresentações em Power Point e ainda executar algumas tarefas específicas e alguns jogos, verifiquei que o dispositivo ainda é competente e produtivo. O modo tablet dele infelizmente se tornou inviável, o mesmo vale para o tochscreen, porém, muito pode ser aproveitado no modo Dex e transformar o dispositivo em um computador de mesa.

Para mais informações, estou à disposição para fornecer esclarecimentos. Um grande abraço para todos e até a semana que vem.


Voltar


Comente sobre essa publicação...