Semana On

Domingo 17.out.2021

Ano X - Nº 463

Mato Grosso do Sul

Campanha arrecada kit higiene para mulheres em situação de vulnerabilidade social

Podem ser doados absorventes, shampoos, condicionadores, desodorantes, escovas de dente, creme dental, sabonetes, cremes hidratantes e lenços umedecidos

Postado em 10 de Agosto de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Governo do Estado é parceiro da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul na Campanha Kit Higiene Feminina que vai arrecadar itens básicos de higiene para mulheres de comunidades atendidas pela Central Única de Favelas (Cufa) até o dia 20 de agosto. 

Podem ser doados absorventes, shampoos, condicionadores, desodorantes, escovas de dente, creme dental, sabonetes, cremes hidratantes e lenços umedecidos. 

Além dos pontos fixos de coleta como a Casa da Mulher Brasileira e DPGE no Parque dos Poderes, é possível entregar as doações na Secretaria de Estado de Saúde (SES) ou no prédio da Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), que fica na região central de Campo Grande. 

“Essa iniciativa da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul merece destaque e amplo apoio da sociedade, pois sabemos que infelizmente muitas mulheres vivem em situação de extrema vulnerabilidade social. Nós apoiamos e enaltecemos esse movimento de cidadania do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher – NUDEM, que chama atenção para um tema de extrema importância”, destaca João César Mattogrosso, Secretário de Estado de Cidadania e Cultura. 

A campanha integra as ações do Agosto Lilás, que desde 2015 promove o enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher m Mato Grosso do Sul, e também busca ampliar a divulgação da Lei Maria da Penha que completou 15 anos. 

O objetivo da DPGE é estimular a solidariedade e incentivar a participação da sociedade. A defensora pública-geral, Patrícia Elias Cozzolino de Oliveira, explica que a iniciativa vai de encontro à missão da Defensoria Pública, de promover, assegurar e dar visibilidade à dignidade das pessoas que estão em situação de hipervulnerabilidade.

“A Defensoria entende que campanhas como essa, neste momento tão delicado que vivemos, são fundamentais. As mulheres, em especial, têm sido as mais afetadas durante a pandemia sob diversas formas, e nós precisamos unir esforços para garantir dignidade a quem mais precisa”, comentou a defensora pública-geral.

Atenção aos pontos de arrecadação:

Unidade Centro: Rua Antônio Maria Coelho, 1668, Centro;

Unidade Afonso Pena: Avenida Afonso Pena, 3850, Centro;

Unidade Belmar: Rua Arthur Jorge, 77, Centro;

Unidade Fórum: Rua da Paz, 14, Jardim dos Estados.

DPGE: Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, s/n, bloco IV, 1º andar, Parque dos Poderes.

Cufa: Rua Salamanca, 133, Bairro Bonança.

Casa da Mulher Brasileira: Rua Brasília, Lote A, Quadra 2 s/n - Jardim Imá.


Voltar


Comente sobre essa publicação...