Semana On

Quarta-Feira 29.set.2021

Ano X - Nº 461

Mato Grosso do Sul

Governo de MS realiza reunião com Biden buscando recursos para projetos de até US$ 90 milhões no Pantanal

Reunião realizada juntamente com fundação ambiental criada por Arnold Schwarzenegger busca recursos para projeto que estimula a bioeconomia do Pantanal e revitaliza a bacia do Taquari, também no bioma

Postado em 30 de Julho de 2021 - Anderson Viegas e João Pedro Godoy - G1MS

Governo de MS realiza reunião com Biden buscando recursos para projetos de até US$ 90 milhões no Pantanal — Foto: Anderson Viegas/Foto Governo de MS realiza reunião com Biden buscando recursos para projetos de até US$ 90 milhões no Pantanal — Foto: Anderson Viegas/Foto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O governo de Mato Grosso do Sul, juntamente com governadores de outros estados, realizou, nesta sexta-feira (30), uma reunião com o presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, juntamente com a fundação R20, criada por Arnold Schwarzenegger e voltada para projetos ambientais.

Segundo o secretário Jaime Verruck, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), serão apresentados dois projetos na ocasião: o pró Pantanal e o de revitalização da bacia do rio Taquari, estimados em US$ 10 milhões e US$ 90 milhões, respectivamente.

"Os governadores enviaram uma carta ao presidente dos EUA e surgiu a possibilidade de apresentarmos projetos ao governo americano e a essa fundação", explica Verruck. De acordo com o secretário, ambos os projetos buscam beneficiar o Pantanal, procurando recursos para apoiar e desenvolver o bioma em Mato Grosso do Sul.

O projeto pró Pantanal, segundo Verruck, busca estimular pecuária sustentável e orgânica do Pantanal, além da bioeconomia, aproveitando a estrutura de pesquisa do estado para desenvolver produtos através do bioma. "A ideia é estimular pequenos negócios e até o turismo, com um valor estimado em US$ 10 milhões. Já temos uma contrapartida estabelecida para este projeto, tanto do governo Federal quanto estadual", diz Verruck.

De acordo com a Semagro, o projeto pró Pantanal já foi repassado com o Sebrae Nacional e também com o Ministério da Agricultura, com recurso alocado. O objetivo é desenvolver pequenos empreendimentos nas cidades que estão nos limites do Pantanal, como Corumbá, Ladário, Miranda, Aquidauana e Rio Verde, melhorando a infraestrutura dos municípios com negócios sustentáveis.

" É algo inédito no país, para que a gente possa exatamente fomentar aquilo que as comunidades já fazem, desenvolver a questão da cultura, da culinária, dos pequenos negócios, todos os aspectos da bioeconomia", afirma Jaime Verruck.

Nesta mesma reunião, o governo do estado também irá apresentar o projeto de revitalização da bacia do Taquari, que, segundo o secretário da Semagro, 'tem um efeito direto sobre as atividades do Pantanal' e está orçado em US$ 90 milhões.

"Estamos fazendo uma proposta para que possamos realizar uma intervenção direta tanto aqui no Pantanal, principalmente na questão assoreada, quanto também no Planalto do rio Taquari, para que possamos reduzir o número de fluxos e sedimentos que vem do planalto e chegam até o Pantanal", finaliza Verruck.


Voltar


Comente sobre essa publicação...