Semana On

Segunda-Feira 16.mai.2022

Ano X - Nº 487

Mato Grosso do Sul

Reinaldo Azambuja destaca ação integrada contra as drogas durante ativação de radar da FAB em Ponta Porã

Só nos primeiros cinco meses de 2021, polícias estaduais e federais, junto das forças armadas, retiraram de circulação em Mato Grosso do Sul mais de 270 toneladas de drogas

Postado em 01 de Julho de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Sistema de radares da Força Aérea Brasileira (FAB), que intercepta aeronaves sem planos de voo e em baixa altitude, foi ativado em Ponta Porã no último dia 30. Com capacidade de vigilância e fiscalização em um raio de 450 km2, o equipamento funcionará como importante ferramenta de combate ao tráfico de armas e drogas na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

O governador Reinaldo Azambuja participou da ativação do sistema e destacou o trabalho integrado das forças de segurança pública estaduais e federais contra o crime organizado. “Só neste ano foram mais de 270 toneladas de drogas retiradas de circulação. E em 2020, esse trabalho conjunto aprendeu mais de 760 toneladas de drogas. Essa integração propicia mais segurança para nossa gente. Proteger as fronteiras é proteger o Brasil”, afirmou o governador na cerimônia de inauguração do equipamento.

A estação de radar de Ponta Porã é o terceiro sistema de vigilância aérea ativada pela FAB em Mato Grosso do Sul, com o objetivo de reforçar as ações de fiscalização na fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia. A primeira estação foi inaugurada em Corumbá, em agosto de 2020, e a segunda em Porto Murtinho, em março deste ano. Os três sistemas de vigilância receberam investimentos federais da ordem de R$ 127 milhões.

“Esse controle do espaço aéreo na faixa de fronteira onde trafegam aeronaves em baixa altitude com ilícitos, principalmente drogas, é de extrema importância para o Estado e o País. Quando você consegue aumentar a fiscalização do espaço aéreo você força as organizações criminosas a migrarem para as rodovias, aumentando o poder de repreensão ao tráfico de drogas”, explicou o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira. “Essa ativação significa mais proteção para as nossas fronteiras”, completou o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel. Ambos acompanharam a cerimônia de ativação do radar.

Também participaram da cerimônia de inauguração o presidente Jair Bolsonaro, os ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral da Presidência da República), Tereza Cristina (Agricultura e Pecuária) e Walter Souza Braga Netto (Defesa); o senador Nelsinho Trad; e o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...