Semana On

Sexta-Feira 30.jul.2021

Ano IX - Nº 454

Campo Grande

Após pedido da Câmara, Prefeitura abre cadastro para vacinação de profissionais de imprensa

Profissionais estão trabalhando diariamente nesta pandemia para levar informações à população, combatendo fake news e defendendo a democracia

Postado em 01 de Julho de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Após uma luta intensa de quase três meses dos vereadores de Campo Grande, uma conquista importante foi comunicada hoje pela Prefeitura Municipal: a abertura do cadastro para vacinação prioritária dos profissionais de imprensa da Capital contra a Covid-19.

A Casa de Leis saiu na frente em defesa dos profissionais de imprensa, sendo o primeiro poder público a lutar pela inclusão da categoria como prioridade na vacinação contra o coronavírus. No último dia 6 de abril, a Casa de Leis enviou o primeiro Ofício à Prefeitura da Capital, pedindo que a classe de profissionais de imprensa seja considerada prioritária para receber a vacina.

A categoria dos profissionais de imprensa contempla jornalistas, cinegrafistas, radialistas, fotógrafos, auxiliares de produção, tanto os que atuam em assessorias de imprensa e em veículos de comunicação. Para comprovação de vínculo empregatício, os profissionais devem apresentar registro profissional (DRT/MTE), holerite ou carteira de trabalho.

O pedido em favor dos profissionais que estão trabalhando diariamente nesta pandemia de Covid-19 para levar informações à população, combatendo fake news e defendendo a democracia, foi reforçado na última sexta-feira em ato realizado na última sexta-feira (25), juntamente com o Sindjor-MS (Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul) na sede da Casa de Leis

No ato foi assinado um novo Ofício em nome da Casa de Leis e do sindicato, solicitando ao secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende e o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, para que a categoria seja incluída como grupo prioritário para vacinação no Plano Estadual de Imunização e no Plano Municipal de Imunização contra Covid-19.

O pedido dos parlamentares foi atendido pela Prefeitura, que já abriu o cadastro dos profissionais de imprensa, que devem preencher o formulário no site: http://vacina.campogrande.ms.gov.br/

Segundo dados do Sindjor, já foram oito jornalistas mortos e mais de 200 infectados, por isso, o sindicato lançou a campanha #vacinaaimprensa, que recebeu total apoio da Casa de Leis, como forma de mobilizar e sensibilizar o poder público a incluir a classe na vacinação prioritária contra o coronavírus.

De acordo com o presidente da Casa de Leis, vereador Carlos Augusto Borges, Carlão, “os jornalistas e todos os trabalhadores da imprensa sempre tiveram o apoio irrestrito da Câmara Municipal de Campo Grande, entendemos que é uma classe que está na frente divulgando essa questão da Covid-19, se expondo nos postos de saúde, nas regiões dos bairros de Campo Grande e pelo Brasil afora, entendemos que eles são prioridade em receber essa vacina, então vamos trabalhar muito todos os vereadores, vamos divulgar, vamos pressionar, para que eles sejam vacinados”, destacou.

O presidente do Sindjor, Walter Gonçalves Filho agradeceu o empenho da Casa de Leis, em favor da categoria. “Quero agradecer de pronto a Câmara Municipal que se posiciona incondicionalmente a favor da vacina para os jornalistas, mais do que nunca essa categoria, que é considerada essencial no combate à covid, recebe seu reconhecimento. Os jornalistas estão na linha de frente, portanto estão sujeitos a serem infectados e estão sendo infectados e estão morrendo. Morre praticamente um jornalista por dia no Brasil, segundo a Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas)”, reforçou o sindicalista.


Voltar


Comente sobre essa publicação...