Semana On

Sexta-Feira 17.set.2021

Ano X - Nº 460

Mato Grosso do Sul

Arco cirúrgico moderniza e acelera resultados de exames no IML de Dourados

Totalmente digital, o equipamento permite mais controle do que acontece no organismo do paciente

Postado em 29 de Junho de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Instituto de Medicina Legal (IML) de Dourados recebeu esta semana, da Coordenadoria-Geral de Perícias (CGP), um arco cirúrgico. O equipamento que custa R$ 380 mil, além de melhorar as condições de trabalho dos peritos que atuam no IML, irá acelerar tanto exames necroscópicos, como de corpo de delito.

Assim como o aparelho de raio-X, o arco cirúrgico possibilita a radiografia estática, porém com o diferencial de evitar cortes de grandes proporções no corpo e fornecer imagens dinâmicas de alta resolução e em tempo real.

Moderno e totalmente digital, o equipamento permite que todas as estruturas internas do corpo possam ser vistas e acompanhadas, melhorando a visibilidade do perito médico legista e dando a ele mais controle do que acontece no organismo do paciente.

“É um equipamento que possibilita visualizar com precisão fraturas, localizar projéteis, facilitando o trabalho dos peritos e, além disso, o resultado sai na hora”, explica o diretor do Departamento de Apoio as Unidades Regionais da Coordenadoria Geral de Perícias, Nelson Fermino Júnior.

O Instituto de Medina e Odontologia Legal (IMOL) de Campo Grande também conta com arco cirúrgico e, além de Dourados, a ideia é levar o equipamento para outras unidades de perícia do interior. “O projeto de aquisições de arcos cirúrgicos inclui ainda Ponta Porã, Corumbá, Três Lagoas, Nova Andradina e Coxim”, garante Fermino.


Voltar


Comente sobre essa publicação...