Semana On

Domingo 25.jul.2021

Ano IX - Nº 453

Coluna

PT defendendo descaradamente nepotismo e corrupção? Nossa, que surpresa!

Raphael Tsavkko Garcia fala disso, e também do terrorismo de Estado na Espanha

Postado em 16 de Junho de 2021 - Raphael Tsavkko Garcia

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Essa thread explica o absurdo. Mas se você ficou surpreso, não acompanha política brasileira nos últimos 10-15 anos.

Durante e depois da Lava Jato se você falasse com qualquer petista sobre corrupção eles te diriam (e dirão) que não passa de moralismo. Que combater corrupção é errado. Sério, podem fazer o teste. Vão encontrar todas as formas de justificar - é parte do jogo, não é bem assim, todo mundo faz, etc...

Críticas à Lava Jato à parte, é um descaramento impressionante.

É aquilo, derrotar Bolsonaro é uma missão civilizacional - mesmo que pra isso seja preciso votar no PT/Lula.

Mas que o PT é um partido asqueroso, corrupto, autoritário, enfim, péssimo, não resta dúvida. Mas é o mal menor. Infelizmente.

Uma terceira via seria ótima, mas....

https://twitter.com/trbrasil/status/1404948069117054977

TERROR DE ESTADO NA ESPANHA

O economista catalão Andreu Mas-Colell foi condenado - sem julgamento ou direito à defesa - a perder TODOS os seus bens e a aposentadoria que recebe pelo crime de... bem, ter sido chefe do departamento de finanças da Catalunha até 2015.

Ele se aposentou em 2015, mas por causa do referendo pela independência de 2017 ele foi condenado, porque um tribunal nada imparcial decidiu que ele tem responsabilidade no "mau uso" de dinheiro público ANOS depois dele ter deixado o governo. Não existe justiça na Espanha.

Após o referendo a Espanha passou a "investigar" a Diplocat, que é a secretaria catalã para assuntos exteriores e "encontraram" o que procuravam, supostas irregularidades entre 2011-2017. Resolveram condenar, sem julgamento, conselheiros de economia, da presidência, de relações exteriores... Simplesmente porque podem.

Mas-Colell vai perder TUDO. Todas as economias, pensão e bens sem ter tido um julgamento. Repito, ele não foi julgado, não teve direito a se defender - recebeu 10 dias para responder por escrito um processo de 18 mil páginas e só.

Ele vai apelar aos tribunais europeus que vão lhe dar razão, mas isso vai levar anos. Arnaldo Otegi, líder da esquerda basca, passou anos preso antes do TEDH inocentá-lo por considerar a justiça espanhola parcial e a condenação simplesmente criminosa - seu crime foi fundar um partido político em meio ao processo de paz e dissolução da ETA que a Espanha nunca quis ou aceitou, porque a existência da ETA era a desculpa usada para torturar, prender e assassinar bascos.

O modus operandi da Espanha é sempre o mesmo. Conta com o silêncio dos demais países e instituições europeias para condenar (às vezes sem julgamento, mas quando há julgamento esse não passa de farsa) e, anos depois, tribunais europeus revogam a decisão - mas em geral as penas já foram cumpridas, as punições executadas e as vidas de muitos destruídas.

A Espanha é um Estado Fascista que nunca abandonou o Franquismo, mas apenas finge que é uma democracia - na hora em que Bascos e Catalães tentam exercer seus direitos são silenciados, presos, torturados, exilados ou tem seus bens roubados pela Espanha sob silêncio conivente da UE.

Eu já escrevi, mas repito (https://is.gd/aZWylu), a Espanha é a maior ameaça à União Europeia, a seu discurso e política externa. Não é a Rússia, não é a China, nem ninguém mais. A Espanha não é uma democracia e é tolerada, aliás, abraçada pela UE, que legitima seus crimes dia após dia.

A série de tuítes de Alex Mas, filho de Andreu Mas https://twitter.com/AlexMasPton/status/1404438469057863683

A notícia em Catalão: https://is.gd/0mneTt

PS: A coisa é tão grotesca que até mesmo uma membro do "tribunal" que condenou Mas-Colell emitiu um voto particular dizendo que o tribunal não é imparcial - https://is.gd/6NeA4p

MAIS DO MESMO

O ativista catalão Marcel Vivet foi condenado a 5 anos de prisão acusado de bater em um policial durante um protesto.

Detalhe: O próprio juiz admite na sentença NÃO TER PROVAS!

Vivet foi condenado sem NENHUMA prova e apenas com a palavra de um policial - o protesto era exatamente contra a polícia.

Não existe justiça na Espanha. Para a Catalunha resta apenas independência e se distanciar ao máximo dessa monarquia carcomida. E notem, o nível de repressão contra ativistas catalães ainda não chegou ao nível da perseguição que rolou no País Basco - não existe um grupo como a ETA, pese tentativas de transformar o Tsunami Democràtic e os CDR em terroristas, como forma de justificar ainda mais repressão. Não duvidem se começarem a surgir casos de tortura e jornais forem fechados.

Com informações do Josep Goded.


Voltar


Comente sobre essa publicação...