Semana On

Sexta-Feira 03.dez.2021

Ano X - Nº 469

Campo Grande

Escolas da Reme continuam abertas para entrega de materiais escolares e kits

Servidores que já receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19 deverão retornar, no primeiro dia útil depois de quatorze dias de se vacinar, ao regime presencial

Postado em 08 de Junho de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

As escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande permanecem abertas, das 7h30min às 13h30min, para a distribuição de materiais pedagógicos e dos kits de merenda, de acordo com agendamento prévio feito pela direção escolar.

A distribuição é parte das ações da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), para garantir que os alunos da Rede continuem realizando as atividades referentes às aulas remotas, a fim de evitar a disseminação da Covid-19.

A jornada especial e temporária dos servidores das unidades da Reme foi publicada no Diogrande, por meio da Resolução Semed n. 222/2021, em cumprimento ao Decreto n. 14.749/2021, tendo em vista manter suficiente prestação dos serviços públicos, com boa qualidade e eficiência.

A Resolução também determina que as escolas funcionem com apenas dez servidores por turno e, caso seja necessário, a direção deverá definir escala de rodízio, em dias alternados em presencial e remoto, quando deverão ser cumpridas as medidas de biossegurança estabelecidas pelas autoridades de saúde, tais quais manter distância física e evitar aglomerações, fazer uso de álcool em gel 70%, aumentar a frequência da higienização dos ambientes de trabalho, os quais devem ser mantidos sempre ventilados, além do uso obrigatório de máscara de proteção durante toda a permanência no local de trabalho.

Os servidores que já receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19, mesmo que se enquadrem em alguma das condicionantes, deverão retornar, no primeiro dia útil depois de quatorze dias de se vacinar, ao regime presencial, com apresentação da cópia do comprovante de vacinação, emitido pelo Serviço de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde.

Para os que se recusaram a receber a vacina tendo sido o imunizante disponibilizado, as orientações são as mesmas: retornar ao trabalho presencial e elaborar uma declaração de recusa à imunização (termo de responsabilidade), a qual será entregue à direção da escola.


Voltar


Comente sobre essa publicação...