Semana On

Domingo 22.mai.2022

Ano X - Nº 488

Legislativo

ALEMS, FIEMS e Governo discutem próxima etapa de projeto para retomada da economia

De acordo com Riedel, as sugestões serão analisadas rapidamente pelo Governo para que os segmentos envolvidos tenham um fôlego e voltar à normalidade

Postado em 27 de Maio de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB), reuniu-se com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS), Sérgio Longen, e o secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Eduardo Riedel, para discutirem as próximas etapas do projeto “Em Frente MS”, movimento pela retomada da economia.

Já foram realizadas várias reuniões com representantes dos setores de bares e restaurantes, cultura e turismo, segmentos mais afetados pela pandemia da Covid-19, a fim de elaborar soluções efetivas para a recuperação econômica.

“Nesta reunião, estamos discutindo as medidas que o Governo do Estado pode tomar para auxiliar neste processo de retomada. Estamos recebendo da Fiems indicações e possibilidades, que foram reunidas nestas rodadas com os setores afetados. Vamos internalizar no Governo, ver o que é possível fazer e enviar para Assembleia Legislativa”, explicou Riedel.

De acordo com Riedel, as sugestões serão analisadas rapidamente pelo Governo para que os segmentos envolvidos tenham um fôlego e voltar à normalidade. O presidente Paulo Corrêa informou que assim que o Poder Executivo encaminhar o projeto para Assembleia, a Mesa Diretora irá solicitar a tramitação em regime de urgência. “Acredito que até a primeira dezena de junho temos um projeto elaborado”, disse.

Segundo Longen, o planejamento foi estruturado em três eixos: crédito, área tributária e a questão da flexibilidade de horário. “O setor fragilizado se movimenta rápido e é dessa forma objetiva que buscamos algumas ações. Finalizamos uma proposta e esperamos que avance de forma célere”, destacou.  


Voltar


Comente sobre essa publicação...