Semana On

Segunda-Feira 14.jun.2021

Ano IX - Nº 447

Mato Grosso do Sul

Prefeitos da região de fronteira estão otimistas com novas entregas à população

Para o secretário Eduardo Riedel, ações municipalistas da Gestão Azambuja reforçam equilíbrio regional

Postado em 21 de Maio de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Os prefeitos dos municípios da região de fronteira com o Paraguai saíram das reuniões do Governo Presente em Ponta Porã, no último dia 20, animados com o futuro. Agradeceram ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, pelas obras reivindicadas na primeira fase do programa que já estão sendo implementadas e estão confiantes com as novas entregas à população por meio dessa parceria entre Governo do Estado e municípios. O prefeito da cidade-sede da reunião do Governo Presente, Ponta Porã, Hélio Peluffo, destacou essa característica municipalista e descentralizada da gestão Reinaldo Azambuja.

Para o secretário Eduardo Riedel, ações municipalistas da Gestão Azambuja reforçam equilíbrio regional.

"Pela primeira vez na história de Mato Grosso do Sul discutimos projetos municipais com o Governo do Estado; as necessidades locais são discutidas à mesa, trazidos os projetos, e o governo partilha conosco a possibilidade dessas conquistas. Ou seja, deixamos de ir a Campo Grande com o pires na mão e hoje somos servidor na nossa casa com projetos estruturantes, projetos inovadores, projetos que vão melhorar a qualidade de vida", enfatizou Peluffo.

“Já temos obras concluídas através do Governo Presente. Mais uma vez trouxemos demandas e o governador Reinaldo Azambuja já nos deixou a garantia de que vai olhar com carinho e nos dará a resposta mais célere possível. O que a gente vê é um governo que quer ajudar os municípios e Aral Moreira não é diferente, o Governo tem nos ajudado ano a ano”, comentou o prefeito de Aral Moreia, Alexandrino Garcia.

“Trouxemos demandas de infraestrutura, porque às vezes esperamos demandas federais e é muito prolongado o tempo e com essa demora não conseguimos cumprir as metas. Mas hoje, através do governo estadual, a gente está conseguindo cumprir as metas”, completou o administrador municipal.

“Trouxemos demandas em infraestrutura, que eu vejo hoje como uma grande prioridade. Saí satisfeito dessa reunião junto ao Eduardo (Riedel), junto ao Governo, para a gente dar uma continuidade e aumentar ainda mais as obras de infraestrutura no município com recursos vultosos, vai melhorar muito a vida da nossa população”, disse o prefeito Reinaldo Piti, de Bela Vista. O recapeamento da rua Barão de Ladário, centro comercial da cidade, é considerado prioridade pelo prefeito e que será executada com apoio do Governo do Estado.

Estamos na fase de conclusão desse primeiro convênio que contemplou Amambai com várias ruas com asfalto, drenagem, e hoje estamos apresentando novas demandas importantes, entre elas a pavimentação da MS-289, que liga Amambai a Juti, que é a nova fronteira agrícola do município, ampliação e reforma do hospital regional, projeto de quase seis milhões de reais”, comentou Edinaldo Bandeira, o dr Bandeira, prefeito de Amambai.

O prefeito de Antonio João, Marcelo Pé, também saiu feliz e satisfeito dessa nova etapa do Governo Presente. Ele ouviu do governador Reinaldo Azambuja e secretário Riedel que a avenida Júlio Penzo, a mais importante do município, será recapeada.

“Falamos também dessa questão da estrada de Antonio João a Cabeceira do Apa, e eu sempre tenho dito à população que se não fosse o governador Reinaldo Azambuja não teria essa estrada porque são anos e anos de espera e isso nunca aconteceu. E ele ainda quando deputado ousou prometer isso, e muitos não acreditavam. E hoje, como governador, ele está lá, a obra está andando a todo vapor, a empresa que está fazendo esse trecho já pediu adiantamento de prazo, encurtou o prazo para entregar a obra, e isso mostra a eficiência do nosso governo, um governo municipalista que conhece nossa cidade e tem trabalhado muito por nós”, afirmou Marcelo Pé.

Coronel Sapucaia também será mais uma vez atendido pelo Governo do Estado. “O sonho da nossa cidade, da nossa população, é ter um hospital novo, e agora o governador nos garantiu que vai construir esse hospital no valor de mais ou menos R$ 5 milhões. Isso vai ser um marco para nós em Coronel Sapucaia junto com nossa população”, comemorou o prefeito Rudi Paetzold.

Prefeito de Sete Quedas, Chico Piroli, foi enfático: “O Governo Presente é um presente pra nós dos municípios do Conesul. O governo tem nos auxiliado em tudo, então só posso agradecer a Deus e a esse governador.  Ele sabe coordenar, é um homem que tem palavra e estuda para dar resposta. Mas com certeza, o que é prioridade a gente vai ser atendido, tenho sempre certeza disso”.

“Governo Presente é muito municipalista e tem colaborado muito com nós neste início de gestão”, destacou o prefeito de Tacuru, Rogério Torquetti. Ele citou que o pedido feito na primeira fase do programa (pavimentação e drenagem do conjunto habitacional Hilda Duré e da avenida Francisco Serejo Neto) está em andamento e nesta quinta-feira, o pedido feito é a troca de pontes de madeira pelas de concreto.


Voltar


Comente sobre essa publicação...