Semana On

Sexta-Feira 20.mai.2022

Ano X - Nº 487

Coluna

Redescobrindo Titanfall

Tiros, explosões e robôs gigantes, envolvidos em uma das melhores campanhas de ação que conheci nos jogos.

Postado em 19 de Maio de 2021 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Quando eu conheci Titanfall eu não entendi muito bem o que se passava com o game, eu mudava de times, não compreendia o contexto da história e diversos jogadores disputavam partidas frenéticas que eu nem percebia o que estava acontecendo.

Me recordo que nas campanhas de promoção do jogo eu adorei a ideia de utilizar robôs gigantes, movimentos acrobáticos de parkour e fiz a compra antecipada na expectativa de conhecer uma história bacana nesse universo de Titanfall.

Desde o primeiro título, os gráficos são bonitos e as explosões constantes.

Porém, como relatei acima, eu fiquei bem desapontado com o jogo, apesar de divertido, eu gosto muito de jogos que apresentam uma narrativa envolvente, gosto de conhecer os personagens, suas motivações, ou seja, boas histórias. O que infelizmente não ocorre com o primeiro título do jogo que nos apresenta partidas cooperativas em duas facções diferentes na época, em que a cada finalização, fragmentos da narrativa eram contadas, mas de forma muito superficial e dessa maneira, em pouco tempo eu já nem me envolvia mais com o jogo.

Alguns anos depois Titanfall 2 saiu e eu nem tive tanto interesse em conhecer a continuação, eu apenas descobri que havia uma campanha, mas até o momento, não despertou a minha curiosidade. Assim que o serviço da EA foi disponibilizado pelo serviço da Microsoft Game Pass, percebi que o título estava disponível para download.

Pilotar o Titã é uma das melhores partes do jogo, que despertar uma intensa sensação de poder.

Passados alguns anos desde o seu lançamento, eu dei uma oportunidade para conhecer o jogo e para a minha surpresa, a campanha desse jogo, com certeza é uma das melhores que eu já conheci em jogos de tiro e ação. Foram dias explorando cenários, enfrentando inimigos e conhecendo as afinidades do piloto Cooper e o Titã BT. O interessante da narrativa é a forma como a amizade é conduzida, a construção do caráter e o papel do dever em terminar um conflito.

O final emocionante me deixou impressionado e me fez redescobrir Titanfall, que após terminar a campanha me despertou a curiosidade para desvendar a totalidade do enredo, personagens e até me fez enxergar com bons olhos o primeiro título. Se possuírem a oportunidade de conhecer o jogo, eu recomendo fortemente e se gostam de boas histórias, Titanfall 2, irá te surpreender. Um grande abraço e até a semana que vem.


Voltar


Comente sobre essa publicação...