Semana On

Terça-Feira 26.out.2021

Ano X - Nº 464

Campo Grande

Pessoas com comorbidades entre 57 e 58 anos também poderão se vacinar neste sábado em Campo Grande

Comerciantes pediram e Governo estende toque de recolher para as vendas do Dia das Mães

Postado em 30 de Abril de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Neste sábado (01), pessoas que tenham entre 57 e 58 anos e possuam algumas das comorbidades ou condições listadas no Plano Nacional de Imunização (PNI) também poderão tomar a primeira dose da vacina contra Covid-19. Além deste público, receberão as doses os trabalhadores da educação e de assistência social a partir dos 55 anos, trabalhadores do transporte coletivo urbano, limpeza urbana com 18 anos ou mais e os da saúde com 33 anos ou mais. 

Durante o plantão que acontecerá amanhã, poderá se vacinar toda a população que comprove que tenha alguma das comorbidades ou condições elencadas pelo Ministério da Saúde e estejam na faixa etária dos 57 e 58 anos de idade, somente este novo público totaliza aproximadamente oito mil pessoas a serem imunizadas. 

“Temos a ciência de que este é um público bastante extenso, por isso há a necessidade de dividirmos por faixas etárias também. Para mensurar um pouco melhor, iremos vacinar primeiro estas duas idades, mas isso não signifique que em outro momento a vacinação não poderá ser para um público maior dentre a população com comorbidades”, explica o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho. 

Para a imunização destes grupos, é necessário a realização do cadastro de identificação prévia, uma vez que há a obrigatoriedade de comprovar através de laudo ou outro documento que a pessoa pertence ao público em questão. O cadastramento é feito no site vacina.campogrande.ms.gov.br/sesau/vacinacg

Atualização do cadastro 

Assim como os grupos de trabalhadores da educação e de assistência social, muitas pessoas que possuem comorbidades já haviam realizado o cadastro de identificação prévia através da faixa etária, contudo, com a necessidade de apresentação de laudo, será necessário a atualização dos dados. 

Para anexar o documento, a pessoa deve entrar no site de cadastramento com seu CPF e senha cadastrados, e clicar em “meus dados”, lá será possível a alteração dos dados pessoais e adicionar o laudo para a vacinação. 

Profissionais de assistência social e da educação também necessitam alterar o cadastro, clicando em “meu perfil” para alterar o grupo a qual eles pertencem. Após isso é só anexar algum documento que comprove o pertencimento ao grupo, da mesma forma que pessoas com comorbidades devem fazer. 

Quem deve se vacinar? 

Dentre as pessoas com comorbidades, apenas aquelas que se enquadram a lista elencada pelo PNI poderão se vacinar neste sábado, são elas: 

  • Diabetes mellitus; 
  • Pneumopatias crônicas graves; 
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR); 
  • Hipertensão arterial estágio 3; 
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; 
  • Insuficiência cardíaca (IC); 
  • Cor-pulmonares e Hipertensão pulmonar; 
  • Cardiopatia hipertensiva; 
  • Síndromes coronarianas; 
  • Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; 
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; 
  • Arritmias cardíacas; 
  • Cardiopatias congênita no adulto; 
  • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados; 
  • Doença cerebrovascular; 
  • Doença renal crônica; 
  • Imunossuprimidos; 
  • Hemoglobinopatias graves; 
  • Obesidade mórbida Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40; 
  • Cirrose hepática. 

Locais de vacinação  

7h30 às 16h45 

  • Drive-Thru Ayrton Senna  
  • Drive-Thru Albano Franco  
  • Drive-Thru Cassems  
  • Guanandizão 

7h30 às 16h30  

  • IMPCG  

Unidades de saúde  

7h30 às 16h45h  

Bandeira   

  • UBS Carlota  
  • UBS Univesitário  
  • USF Moreninha  
  • USF Itamaracá  

Prosa  

  • USF Mata Do Jacinto  
  • USF Nova Bahia  
  • USF Noroeste  

Imbirussu  

  • USF Aero Itália  
  • USF Albino Coimbra  
  • USF Serradinho  
  • UBS Lar Do Trabalhador  
  • UBS Silvia Regina  

Lagoa  

  • UBS Buriti  
  • USF Oliveira  
  • USF Batistão  
  • USF Coophavila  
  • USF Tarumã  

Segredo  

  • UBS Coronel Antonino  
  • USF São Francisco  
  • USF Vila Nasser  
  • USF Paradiso  
  • USF Azaleia  

Anhanduizinho  

  • UBS Jockey Club  
  • UBS Dona Neta  
  • USF Botafogo  
  • USF Parque Do Sol  
  • USF Los Angeles  
  • Clínica da Família Iracy Coelho  
  • USF Anhanduí 

Toque de Recolher

Com pontuação suficiente para estar na bandeira laranja, Campo Grande terá o toque de recolher estendido no período de 05 a 09 de maio. A medida foi adotada, depois da nova avaliação da situação epidemiológica da Capital, pelo Prosseguir, em reunião extraordinária.

E a decisão, que atende a demanda tanto da Fecomercio, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e da Faems - Federação das Associações Empresariais, vem num momento muito oportuno, já que nestes dias se intensificam as compras para o “Dia das Mães.

A chefe da consultoria legislativa do Governo, Ana Carolina Ali Garcia, que é conselheira do programa, explicou que Campo Grande já atende a pontuação para estar na bandeira “laranja”, que permite o toque de recolher a partir das 22 horas.

A partir do dia 10 (maio) a Capital volta para bandeira vermelha, até a próxima avaliação do programa, isso porque apesar de já ter a pontuação necessária para bandeira laranja, pelas regras do Prosseguir, o município não pode pular duas bandeiras de uma vez, por isso teve que descer da cinza para vermelha.


Voltar


Comente sobre essa publicação...