Semana On

Terça-Feira 03.ago.2021

Ano IX - Nº 454

Coluna

Um dos melhores momentos da TV

Idelber Avelar fala de Krenak no Roda Viva, de diferenças e de seu novo livro

Postado em 21 de Abril de 2021 - Idelber Avelar

Foto: Neto Goncalves / Companhia das Letras Foto: Neto Goncalves / Companhia das Letras

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Eu nem costumo assistir ao Roda Viva ao vivo, não. Em geral, guardo para ver depois. Mas esta semana foi diferente, porque escutar Krenak sendo entrevistado por uma bancada que incluía Wisnik foi um daqueles privilégios raros.

Krenak fala muito diferente de Kopenawa, de Daniel Munduruku, de Sonia Guajajara, de outros líderes indígenas, porque além de pensador ameríndio, Krenak também é um mineiro. Pensa mineiramente, passou de forma muito profunda pela devastação que sempre foi a mineração em Minas. No Roda Viva, Krenak chegou a bater bola com Wisnik sobre Drummond.

De Ailton Krenak eu me sinto até mais parente do que dos outros parentes indígenas, porque somos do mesmo rio, o (ex) Rio Doce.

Quem não viu a fala sábia e mineiro-ameríndia de Krenak no Roda Viva, corra lá, porque foi um dos melhores momentos da TV brasileira nos últimos tempos.

DIFERENTES

Hoje (no dia 21), assisti a pronunciamentos de três políticos. A minha prefeita, de New Orleans, Mayor LaToya Cantrell, o presidente da minha segunda pátria, Alberto Fernández, e o minúsculo que preside a minha primeira pátria, meu país.

Puta merda, a diferença!

Não se trata de direita-esquerda. Eu seria capaz de pensar em vários líderes de direita comparáveis a Alberto ou a LaToya em empatia com seu povo, em cuidado, em vontade de salvar vidas. Merkel, que está com certeza à direita do centro, para começar. Isso inclui um continuum de importância e qualidade política que leva até o Caiadão em Goiás, por exemplo, que é direita hard mas é um cabra capaz de empatia.

Jair, no entanto, é uma figura minúscula e odiável em todos os sentidos. Psicopata mesmo, incapaz de sentir a dor de outrem, de mexer um dedo para aliviar sofrimentos e reduzir mortes, o minúsculo é o pior dos piores em todo o planeta, essa é a verdade tão dura para nós.

Eu realmente espero que a gente não tenha que esperar 18 meses. #ForaBolsonaro. Fora de qualquer jeito, em impeachment ou o que seja.

AO VIVO

Segunda-feira (26-04), às 14 horas.

O link da transmissão ao vivo pelo YouTube é: https://www.youtube.com/watch?v=miCm8qFljW4. Caso ocorra algum problema técnico, novo link será disponibilizado no site do PPGH: https://pos.historia.ufg.br. Não é necessário inscrever-se previamente, basta preencher o formulário de presença durante o debate. Serão emitidos certificados de participação de 3h, que estarão disponíveis em até 90 dias após o evento no link: https://pos.historia.ufg.br/p/25098-certificados-ppgh. Em caso de dúvidas, escreva para: encontroshistoricos@gmail.com.


Voltar


Comente sobre essa publicação...