Semana On

Terça-Feira 07.dez.2021

Ano X - Nº 470

Cultura e Entretenimento

FestiPoa Literária anuncia 13ª edição totalmente virtual

Evento será realizada entre os dias 13 e 17 de maio

Postado em 20 de Abril de 2021 - Redação Semana On

A escritora Ana Maria Gonçalves é uma das homenageadas do evento. Foto: Léo Pinheiro/C41 ESTÚDIO A escritora Ana Maria Gonçalves é uma das homenageadas do evento. Foto: Léo Pinheiro/C41 ESTÚDIO

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A edição 2021 da já tradicional FestiPoa Literária será realizada entre os dias 13 e 17 de maio. Em função da pandemia do coronavírus, será a primeira edição 100% virtual do evento, que mesmo assim promete trazer ao público muita literatura, poesia e debates com a participação de cerca de 50 convidados. Além dos homenageados Ana Maria Gonçalves e Sérgio Vaz, autores e artistas como Jeferson Tenório, Antônio Pitanga, Itamar Vieira Júnior, Teresa Cristina, Conceição Evaristo, Criolo, Letrux, Ricardo Aleixo, Luedji Luna, Angélica Freitas, Paulo Lins, entre outros, já confirmaram presença e estarão em bate-papos, saraus e oficinas.

A FestiPoa Literária será transmitida ao vivo pelo canal do YouTube e redes sociais do evento, com acesso gratuito.

Segundo a curadoria da FestiPoa, a programação foi pensada para destacar a trajetória e a obra dos autores homenageados, mas também para abordar nos debates temas como o caráter político da arte em meio à pandemia, o racismo, o feminismo e a coletividade artística como força para enfrentar os retrocessos políticos, culturais e sociais do país atualmente.

As sessões de lançamentos nesta edição também ocorrerão de forma virtual. Duas lives apresentam os livros João aos pedaços, biografia de João Gilberto Noll escrita pelo jornalista e editor Flávio Ilha, e Somos todos Caim, livro de contos de Clarice Müller.

Dentre as ações formativas voltadas para escolas públicas, estão confirmadas uma oficina on-line de escrita criativa com José Falero e encontros com escritores em dez escolas entre 26 de abril e 26 de maio. Também está confirmado o ciclo “Percursos do romance de autoria negra feminina”, coordenado pelo coletivo Atinukés, em parceria com o DEDS/UFRGS. Esta atividade acontece entre 26 de abril e 24 de maio e está com inscrições abertas até o dia 22 de abril.

A festa literária de Porto Alegre proporciona de forma gratuita, anualmente, debates, encontros de leitura, cursos, oficinas, saraus, filmes e performances. Atividades realizadas com o propósito de difundir e democratizar o acesso à literatura, à arte e trabalhar em prol da formação de leitores. Ao longo de mais de uma década, o evento homenageou autores como Conceição Evaristo, Laerte Coutinho, Luis Fernando Verissimo, Sergio Faraco, Vitor Ramil, Marcelino Freire, Sueli Carneiro e João Gilberto Noll, entre outros.

Sobre os homenageados:

Sérgio Vaz é cofundador do Sarau da Cooperifa, movimento cultural que transformou um bar na periferia de São Paulo em centro cultural e que ajudou a deflagrar a literatura periférica. Em 2007, em parceria com coletivos da região, elaborou a Semana de Arte Moderna da Periferia. É autor do projeto “Poesia Contra Violência”, que percorre as escolas públicas da região promovendo recitais e bate-papo sobre poesia e incentivo à leitura.

Ana Maria Gonçalves nasceu em Ibiá (MG), em 1970. Trabalhou com publicidade até 2001, quando se mudou para a Ilha de Itaparica e escreveu Ao lado e à margem do que sentes por mim e Um defeito de cor (Editora Record), ganhador do Prêmio Casa de las Américas (Cuba, 2007). Já publicou em Portugal, Itália e nos Estados Unidos, onde ministrou cursos e palestras sobre relações raciais e fez residência em universidades como Tulane, Stanford e Middlebury. Mora em São Paulo, onde escreve também para teatro, cinema e televisão.


Voltar


Comente sobre essa publicação...