Semana On

Terça-Feira 15.jun.2021

Ano IX - Nº 447

Legislativo

Nos 100 dias de mandato, Camila Jara comemora conquistas

Novata na câmara, vereadora já cumpriu quatro promessas de campanha

Postado em 13 de Abril de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em seu primeiro mandato como vereadora de Campo Grande, Camila Jara (PT) faz uma avaliação muito positiva dos primeiros 100 dias de trabalho pela cidade. E não é para menos: quatro promessas de campanha foram cumpridas nesse período e muitas outras estão em processo de desenvolvimento com a equipe e a população.

Uma dessas promessas foi a abertura de processo seletivo para contratação de equipe técnica de seu gabinete. Com o apoio do Legisla Brasil, o processo seletivo foi lançado para três áreas: políticas públicas, legislativo e estratégia de marca. No total, o processo recebeu 1770 inscrições do país inteiro e os três profissionais foram contratados após cinco etapas de avaliação.

Um Edital de Emendas também foi aberto para selecionar as instituições que receberiam recursos de emendas parlamentares de forma mais justa e transparente. No total, 35 projetos se inscreveram e, após análise técnica e documental, uma votação popular com mais de 14 mil votos escolheu as instituições vencedoras. Seis instituições das áreas da saúde e assistência social receberam R$ 30 mil cada para executar seus projetos em 2021.

Um outro grande marco foi a reativação da Procuradoria Especial da Mulher na Câmara Municipal, que aconteceu no dia 8 de março, e que tem o objetivo de pensar políticas públicas e emitir pareceres sobre todos os projetos de lei propostos pelos vereadores que possam impactar direta ou indiretamente a vida das mulheres. Além disso, a Procuradoria também tem a função de receber denúncias e cobrar resoluções até mesmo na esfera criminal, garantindo também mais proteção às mulheres.

Outra promessa cumprida já nesses 100 dias foi a Eleição dos Conselheiros do Mandato, um órgão consultivo formado por voluntários que vão pautar, auxiliar e fiscalizar o mandato dentro de 15 áreas específicas, entre elas saúde, educação, cultura, direitos dos indígenas e negros, e muito mais. 

A conquista de R$ 4,5 milhões para obras de infraestrutura em Campo Grande também é um marco, já que irá contemplar 96 km de ciclovia. Mobilidade urbana e uma cidade mais sustentável são bandeiras da vereadora desde antes da campanha política e o pedido pelas emendas foi feito na primeira viagem da vereadora a Brasília, representando a Câmara na comitiva da prefeitura. 

Renda Básica

Depois de propor um Projeto de Lei sobre uma Renda Básica Emergencial Cidadã para os campo-grandenses em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia e realizar diversos debates com nomes que são referência no tema, como o vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), Camila Jara conseguiu que o prefeito Marquinhos Trad aceitasse o projeto, definindo uma comissão para avaliar os detalhes da Renda Básica, que deve beneficiar pelo menos 32 mil famílias.

“Olhar para trás certamente desperta em mim o sentimento de gratidão por tudo que conquistamos até aqui. Mas eu sei que ainda temos muito o que avançar. O sentimento de responsabilidade para com as pessoas só aumenta porque podemos tornar Campo Grande um lugar ainda melhor. Por meio de uma política mais participativa, promover uma sociedade menos desigual, uma cidade mais humana”, afirma Camila. 

Referência

A certeza de que seu mandato tem feito a diferença vem também do fato de ter sido procurada por pessoas de outras cidades interessadas em seus projetos. 

Única mulher eleita para a Câmara de Afogados da Ingazeira, cidade do interior do Pernambuco, a vereadora Gal Mariano (PDT) soube do Projeto de Lei da Procuradoria da Mulher pelas redes sociais da vereadora Camila Jara e entrou em contato com a equipe para ter acesso a uma cópia do projeto. A equipe de gabinete de Camila Jara também encaminhou todo o material técnico que foi utilizado para instalação da Procuradoria, além de uma reunião on-line para tirar dúvidas. 

A ideia é que a Câmara Municipal do município pernambucano também tenha a Procuradoria Especial da Mulher como um instrumento para promover políticas públicas voltadas a esse público. 

Mais perto da nossa Capital, o advogado e professor universitário em Naviraí, Igor Henrique Santelli, também procurou a equipe da vereadora Camila Jara para ter acesso a uma cópia do Projeto de Lei sobre a Renda Básica Emergencial Cidadã. 

Para Igor, a defesa da renda básica é uma luta importantíssima, mas era em geral desprezada no Brasil. Com a pandemia, tornou-se urgente discuti-la e implantá-la pelo menos em caráter emergencial. 

“Uma renda emergencial localmente estabelecida, como proposta pela Vereadora Camila Jara, pode compor um conjunto de medidas de suporte econômico que é tão importante hoje para os cidadãos quanto as próprias medidas de biossegurança contra a Covid-19. É importante que as lideranças políticas entendam que, com a medida, o comércio local consegue respirar em meio à crise, com mais dinheiro circulando principalmente entre trabalhadores mais precarizados, autônomos, pequenos e médios empresários”, defendeu Igor.


Voltar


Comente sobre essa publicação...