Semana On

Segunda-Feira 23.mai.2022

Ano X - Nº 488

Legislativo

Com avanço da pandemia, Câmara suspende trabalhos presenciais às segundas, quartas e sextas

Casa também restringiu número de visitantes como medida preventiva diante do aumento dos casos de Covid-19

Postado em 11 de Março de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Para conter o avanço da pandemia do novo Coronavírus, os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande vão restringir ainda mais, nas próximas duas semanas, o acesso do público à Casa de Leis. Em reunião na manhã desta sexta-feira (12), os parlamentares decidiram suspender o atendimento presencial às segundas, quartas e sextas. 

“Não poderíamos fazer um ato desses sem ouvir todos os vereadores. Temos que fazer nossa parte, manter somente o essencial de maneira presencial para dar condições ao Executivo trabalhar”, disse o presidente da Câmara, vereador Carlão.

Somente as sessões seguem presencialmente, às terças e quintas, mas com acesso fechado ao público – elas podem ser acompanhadas pela população por meio das redes sociais da Casa de Leis. A Palavra Livre ainda será suprimida da sessão como forma de agilizar os trabalhos em plenário.

Nesses dias, cada vereador deverá manter, no máximo, três assessores para auxiliar nos trabalhos legislativos. No restante da semana, todos devem trabalhar em home office.

As lives de quarta-feira, que devem começar na próxima semana, serão mantidas, mas também com equipe reduzida e respeitando as regras de biossegurança. 

Avanço da Covid

Boletim mais recente divulgado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) mostra que a pandemia tem avançado rapidamente em Campo Grande. Até esta quinta-feira, foram quase 78 mil casos confirmados, com 1.552 mortes causadas pela doença.

Esta semana, conforme ato da Mesa Diretora, por orientação da Comissão de Saúde, o atendimento ao público foi limitado a três pessoas por gabinete ou setor administrativo, permanecendo as determinações de não aglomeração, distanciamento social e uso obrigatório de máscaras.

Visitas

Com avanço dos casos de coronavírus em todo País e como medida preventiva, a Câmara Municipal de Campo Grande publicou ato com medidas restritivas de acesso ao público à Casa de Leis. Conforme ato da Mesa Diretora, por orientação da Comissão de Saúde, o atendimento ao público foi limitado a três pessoas por gabinete ou setor administrativo, permanecendo as determinações de não aglomeração, distanciamento social e uso obrigatório de máscaras. 

O ato, alterando normativa anterior, ainda mantém o expediente das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira, com frequência de 50% do quantitativo de servidores e estagiários, em revezamento, a ser definido pelo diretor de departamento ou vereador. Os demais servidores devem ficar em regime de teletrabalho, permanecendo em suas residências. A publicação pode ser consultada no Diário do Legislativo de hoje.  

Os atendimentos pelos vereadores serão mantidos de forma on-line, por agendamento dentro deste limite de três visitantes por gabinete ou por meio de reuniões e ações externas. O vereador Carlos Augusto Borges, Carlão, presidente da Casa de Leis, já tinha anunciando as restrições na última terça-feira e ressaltou que é essencial a Câmara fazer sua parte. “A Câmara vai atender o povo, não vamos deixar de atender. A Comissão de Obras vai visitar obras paradas, a de Saúde vai acompanhar os hospitais e postos. Os vereadores e suas comissões vão trabalhar, a Câmara não vai ficar parada”, salientou.  

Sessões

As sessões ordinárias, às terças e quintas-feiras, às 9 horas, serão mantidas, continuando com as restrições de acesso a assessores dos gabinetes, servidores da Câmara e imprensa. Todas as medidas de biossegurança são adotadas: uso de álcool em gel, aferição de temperatura e distanciamento entre os presentes, com espaçamento entre duas poltronas. As sessões, bem como Audiências Públicas promovidas, são transmitidas ao vivo pelo Facebook e Youtube da Casa de Leis. No ano passado, as sessões chegaram a ocorrer de forma virtual por conta da pandemia, mas nunca foram suspensas.      

A Câmara também deve retomar, ainda neste mês, as lives semanais feitas para orientar a população e atualizar sobre os números mais recentes relacionados à pandemia no município. No ano passado, a Comissão de Enfrentamento à Covid-19 promovia os debates todas as quartas-feiras, recebendo autoridades para falar sobre prevenção, tratamento, educação, economia e todos os temas relacionados ao coronavírus.


Voltar


Comente sobre essa publicação...