Semana On

Sexta-Feira 17.set.2021

Ano X - Nº 460

Mato Grosso do Sul

Pesca esportiva está liberada nas bacias do Paraguai e Paraná

O pescador porém, precisa estar atento a cota fixada pelo Governo do Estado em 2019

Postado em 01 de Março de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A pesca amadora ou recreativa está liberada nas bacias dos rios Paraguai e Paraná, desde o último dia 1º. O pescador porém, precisa estar atento a cota fixada pelo Governo do Estado em 2019 que é a seguinte: um exemplar de qualquer tamanho, dentro das especificações mínimas e máximas e mais cinco piranhas nos rios pantaneiros.

Aliada ao turismo de natureza e aventura ou contemplação, a pesca amadora ou recreativa conquista cada vez mais adeptos. Em Corumbá, por exemplo, um dos principal destino turísticos do Estado, a modalidade já representa mais de 80% dos visitantes.

Mato Grosso do Sul é hoje, um dos principais polos de pesca. No Pantanal, o Rio Paraguai e seus principais afluentes (Taquari, Aquidauana e Miranda) propiciam temporadas inesquecíveis.

Já, o Rio Paraná, além do tucunaré, espécie exótica em abundância, é também paraíso de grandes exemplares de piapara, dourado, barbado, corimba, pirarara, tambaqui, corvina, tilápia e o jau.

E a região Leste, principalmente Três Lagoas e Paranaíba, concentra um dos maiores centros de pesca esportiva, com boas estruturas de pousadas e pesqueiros.


Voltar


Comente sobre essa publicação...