Semana On

Sexta-Feira 17.set.2021

Ano X - Nº 460

Coluna

Salada em dose dupla: conheça as receitas do sunomono de pepino e ceviche de jiló

As dicas são apresentadas para serem feitas juntas, aproveitando o tempo de preparo entre cada uma delas

Postado em 24 de Fevereiro de 2021 - Brasil de Fato

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A cozinha afeitiva de Letícia Massula compartilha o preparo do sunomono de pepino e do ceviche de jiló. A apresentação das receitas foi feita na unidade de São Paulo do Armazém do Campo.

Além de simples e saudáveis, as receitas são feitas com o cozimento químico, na reação entre entre os próprios ingredientes. As dicas também são apresentadas para serem feitas juntas, aproveitando o tempo de preparo entre cada uma delas. 

Ingredientes (sunomono de pepino):

- pepino orgânico;
- vinagre;
- sal; 
-  açúcar;
- gergelim orgânico. 

Ingredientes (ceviche de jiló):

- jlió
- cebola roxa
- limão
- salsinha e cebolinha
- pimenta
- azeite e sal

Modo de preparo (sunomono de pepino):

Tire a pontinha do pepino e comece a laminá-lo em uma mandolina. Você deve utilizar uma peneira, onde vai deixar o pepino marinando com um pouquinho de sal. É nessa marinada que o pepino vai dar uma cozida química.

No pepino laminado, deve ser jogado um pouco de sal para desidratá-lo. Depois chega a hora de mexer o pepino e deixar em descanso com um prato por baixo, para recolher o líquido.

Enquanto isso, deve ser feito o molho. No Armazém do Campo, Letícia utilizou o vinagre de maçã orgânico com um pouco de água e de açúcar demerara. Depois dissolve e prova o sabor adocicado e uma pegadinha ácida. Mantém também em descaso. 

Modo de preparo (ceviche de jiló):

Partir o jilo ao meio, tirar a ponta e laminar. Colocar o jiló em uma bacia junto com a cebola roxa cortada. Também devem ser cortados bem fininhos o cheiro verde, salsinha, cebolinha verde e pimenta.

Depois tempera a saladinha. Para tanto, espremer um limão, colocar sal e azeite. Depois chega o momento de misturar bem bem enquanto a salada descansa e o jiló termina de cozinhar quimicamente. Deixar a salada pegando o gosto por mais 20 minutos.

Depois a salada pode ser colocada em um pote e no dia seguinte, se sobrar, a dica é bater um ovo e fazer um omelete recheado com a saladinha picantes de jiló.

Finalizando o sunomono de jiló

Ao concluir o ceviche de jiló, o pepino vai ter amolecido e soltado líquido no prato. Assim, o passo seguinte é espremer os pedaços de pepino na mão para tirar o excesso de água. Depois colocar o pepino seco no molho de vinagre, montar no prato e colocar o gergelim por cima. 


Voltar


Comente sobre essa publicação...