Semana On

Quarta-Feira 16.jun.2021

Ano IX - Nº 447

Auau Miau

Cães farejadores podem detectar coronavírus com 94% de precisão

Em estudo feito na Alemanha, cachorros treinados foram capazes de identificar a presença do vírus na maioria esmagadora dos casos, mesmo em pessoas assintomáticas

Postado em 09 de Fevereiro de 2021 - DW

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Um estudo realizado na Alemanha apontou que cães farejadores podem detectar o coronavírus Sars-Cov-2, causador da covid-19, com 94% de precisão, mesmo em pessoas assintomáticas.

Após oito dias de treinamento na Escola Superior de Medicina Veterinária de Hannover, os animais da escola de cães de serviço das Forças Armadas Alemãs foram capazes de identificar corretamente o coronavírus em 94% das 1.012 amostras de saliva ou secreção respiratória. 

De acordo com a veterinária da escola de cães Esther Schalke, os cachorros são condicionados a cheirar o "odor do coronavírus" que vem das células de pessoas infectadas. O vírus em si não exala odor, mas altera o metabolismo das células humanas infectadas – o cão, então, pode sentir o cheiro das substâncias liberadas.

"Os cães podem realmente farejar pessoas com infecções e sem infecções, assim como pacientes com covid-19 assintomáticos e sintomáticos", explicou Holger Volk, chefe da clínica da Escola Superior de Medicina Veterinária de Hannover.


Voltar


Comente sobre essa publicação...