Semana On

Domingo 17.out.2021

Ano X - Nº 463

Mato Grosso do Sul

Investimento recorde nos próximos dois anos será salto de desenvolvimento no MS, afirma Eduardo Riedel

Com estimativa de R$ 2,8 bilhões, planejamento foi construído com prefeitos, vereadores e deputados

Postado em 04 de Fevereiro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mato Grosso do Sul terá investimento recorde nos anos de 2021 e 2022. Segundo o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, serão cerca de R$ 2,8 bilhões para as áreas urbanas e rurais dos 79 municípios do Estado. O valor foi autorizado pelo governador Reinaldo Azambuja no início do ano.

“Com o esforço e a força do povo sul-mato-grossense, vamos rasgar o chão, abrindo novas estradas, que levarão o fruto do nosso trabalho e por onde vão passar milhares de novos empregos, gerados por uma economia pujante e muito mais diversificada”, disse o governador.

Para Riedel, o montante de investimentos no período será único no país. “Vamos transformar nossas cidades em canteiro de obras, como já disse o governador”, afirmou o secretário.

Indicadores econômicos que mostram que Mato Grosso do Sul é líder nacional em transparência, um dos que mais geram empregos e tem o maior investimento per capita do país. “Somos o estado que mais devolve à população, em investimento e serviços, o que o estado recolhe em impostos”, disse Reinaldo Azambuja.

Investimentos

Com mais de mil solicitações feitas por prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais e lideranças sindicais, as reuniões do Governo Presente foram responsáveis por fazer um raio-x das necessidades de cada município e nortear as ações e os investimentos de Mato Grosso do Sul para os próximos dois anos (2021-2022).

“Nosso objetivo com o Governo Presente foi identificar prioridades e transformá-las em planejamento e investimento”, afirmou Eduardo Riedel.

Infraestrutura, saúde e educação

Somente com a construção de estradas e pontes, o Governo do Estado planeja investir mais R$ 2,8 bilhões por meio do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário (Fundersul), atendendo a população de todas as cidades do Estado. Parte dessas obras foram solicitadas nas audiências do Governo Presente.

Mato Grosso do Sul já recuperou 11 mil quilômetros de estradas vicinais, construiu uma centena de pontes de concreto, implantou mais de 200 quilômetros de novas rodovias e investiu pesado na manutenção da malha viária.

A segunda área com maior quantidade de demandas apresentadas no Governo Presente foi a saúde, incluindo solicitações de recursos para custeio de unidades hospitalares, aquisição de equipamentos, reforma de hospitais, compra de ambulâncias, construção de Unidade Básica de Saúde e contratação de médicos.

E em relação a área da Educação, o governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso de reformar todas as escolas estaduais para garantir melhor condição de aprendizagem aos alunos. “Temos mais de 360 escolas estaduais em todos os municípios. Já reformamos 176 nos primeiros quatro anos de mandato. E a prioridade do Governo é reformar todas elas”, disse.


Voltar


Comente sobre essa publicação...