Semana On

Quarta-Feira 29.set.2021

Ano X - Nº 461

Mato Grosso do Sul

‘Temos que permanecer atentos às medidas de proteção contra a covid-19’, alertou o secretário de Governo e Gestão Estratégica Eduardo Riedel

Mesmo com o início da vacinação em MS, Reinaldo Azambuja e Riedel alertaram para a importância da manutenção das medidas preventivas

Postado em 22 de Janeiro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O governador Reinaldo Azambuja foi um dos 16 governadores que assinaram nesta semana ofício encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, pedindo que a diplomacia seja acionada para dialogar com a China e índia, países produtores de vacina contra a Covid-19, para garantir a entrega dos insumos necessários a sua produção. No último dia 18, o Estado deu início a imunização, com a vacinação de quatro sul-mato-grossenses pertencentes à primeira fase determinada pelo PNI (Plano Nacional de Imunização). O secretário de Governo e Gestão Estratégica Eduardo Riedel, alerta que, apesar das ações do Governo do estado, a população deve seguir atenta às medidas de proteção de combate à doença.

“Mesmo com a vacina, temos que permanecer atentos às medidas de proteção contra a doença. Não podemos relaxar agora”, alertou Riedel.

Os insumos são necessários para que instituições como o Butantan e a Fiocruz possam produzir os imunizantes e assim garantir a continuidade do PNI no combate a Covid-19. Em Mato Grosso do Sul, a vacinação nos municípios do interior teve início no último dia 20, graças a eficiência da logística implantada pelas secretarias estaduais de Saúde (SES) e Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que garantiu a entrega das doses da vacina em tempo recorde – 24 horas.

“Estamos muito empenhados, os governadores do Brasil, para que ocorra a liberação de outro lote de vacinas que está no Butantan. Queremos ampliar o leque de distribuição. Enquanto isso, é importante permanecermos vigilantes, usando máscaras e tendo os cuidados de higiene”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

O governador enfatizou que enquanto o Governo Federal não encaminha os lotes das vacinas para as próximas etapas da vacinação contra a Covid-19, a população precisa continuar atenta e cumprindo com as medidas de segurança. “Vamos continuar nos cuidando para que possamos todos juntos vencer essa etapa difícil”, ressaltou ele ao dizer que “a página do livro da pandemia só será virada quando a cobertura vacinal atingir toda a população”.

Confira abaixo as medidas de proteção recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para evitar a propagação da Covid-19:

- Lavar as mãos com frequência; usar sabão e água ou álcool em gel.

- Manter uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.

- Usar máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.

- Não tocar nos olhos, no nariz ou na boca com as mãos sujas.

- Cobrir o nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.

- Ficar em casa ao se sentir indisposto.

- Procurar atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Durante o ato de abertura da vacinação no Estado, o secretário Eduardo Riedel falou da importância da vacina e destacou o empenho dos profissionais da saúde nas pesquisas para a produção de imunizantes. "Hoje aqui no Regional nós imunizamos, simbolicamente, quatro pessoas. É um marco histórico para Mato Grosso do Sul, a partir do momento que há uma expectativa muito grande de toda a sociedade para virarmos essa página da nossa história. A vacina é o instrumento mais adequado, uma conquista da ciência global, que fez um esforço gigante para que em menos de um ano, a partir do início da pandemia, pudéssemos ter vacinas eficientes na prevenção a esta doença", afirmou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...