Semana On

Segunda-Feira 27.set.2021

Ano X - Nº 461

Campo Grande

Campanha contra poliomielite e de atualização vacinal segue até 30 de novembro

Doses dos imunobiológicos estão disponíveis em todas as 71 unidades de saúde da Capital

Postado em 17 de Novembro de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Iniciada em outubro, a campanha de imunização contra a poliomielite e de atualização da caderneta vacinal continua até o final do mês de novembro, sendo disponibilizadas doses dos imunobiológicos em todas as 71 unidades de saúde da Capital. 

Campo Grande tem como meta vacinar contra poliomielite pelo menos 95% das 48.110 crianças entre um e menores que cinco anos de idade que moram no município, sendo que até o momento, apenas 21.874 delas foram imunizadas, correspondendo a 45,5% do total. 

A baixa procura no primeiro mês de campanha fez com o que o Ministério da Saúde autorizasse a prorrogação da mesma, com o objetivo de aumentar o número de crianças imunizadas, reduzindo as chances de reintrodução de vírus que já estão extintos no país. 

“Aconteceu com o sarampo, e não queremos que o mesmo aconteça com a poliomielite, que é uma doença gravíssima que, em parte dos casos, provoca o enfraquecimento dos membros da criança, principalmente os inferiores, causando a paralisia infantil”, alerta o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.  

Há alguns anos a pasta vem notando uma queda significativa da cobertura de diversos imunobiológicos, sendo que a vacina contra pólio não chega aos 90% de cobertura. A imunização contra poliomielite é indiscriminada, ou seja, mesmo que a criança entre 1 e menos de 5 anos esteja com a caderneta vacinal em dia, os pais deverão retornar à uma unidade, ou a um dos pontos temporários, para que a criança recebe uma nova dose. 

Dentre o público da campanha de multivacinação, que abrange crianças e adolescentes de até 15 anos de idade, também há uma baixa procura para atualização da caderneta de vacinação. Para aplicação das doses, é necessária a apresentação da carteira de imunização das crianças.


Voltar


Comente sobre essa publicação...