Semana On

Domingo 17.out.2021

Ano X - Nº 463

Viver bem

Pesquisa mostra que apenas 28% das crianças praticam atividade física na pandemia

Por conta do isolamento social, os pequenos deixaram de frequentar escolas e atividades extracurriculares, onde normalmente se exercitavam

Postado em 03 de Novembro de 2020 - Evelin Azevedo – O Globo

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Apenas 28% das crianças praticaram algum tipo de atividade física durante a pandemia. É o que indica uma pesquisa realizada pelo C.Lab, o laboratório interno de pesquisas da Nestlé, a pedido da marca Nescau. O estudo foi feito com mais de 500 famílias brasileiras e mostrou que, antes da quarentena, 73% das crianças realizavam alguma atividade física ou esporte. Por conta do isolamento social necessário para diminuir a transmissão da Covid-19, os pequenos deixaram de frequentar escolas e atividades extracurriculares, onde normalmente se exercitavam. 

— As atividades físicas são importantes para o desenvolvimento motor, para o crescimento e fortalecimento ósseo das crianças, além de contribuir para o desenvolvimento de habilidades importantes do seu aspecto intelectual — afirma Glaucio Monteiro, fisioterapeuta do Núcleo Silvestre de Saúde e Prevenção.

De acordo com pesquisas divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal é que crianças e adolescentes realizem uma hora de atividades físicas diariamente. Segundo André Messias, professor de educação física, especialista em educação e mestre em ciências cardiovasculares, os exercícios regulares em crianças trazem muitos benefícios para a saúde.

— Melhoria da pressão arterial, evitando que a criança hipertensa, controle do peso, pois sabemos que a obesidade em crianças têm crescido bastante, prevenção do diabetes, que acomete muitas crianças... Existem muitos benefícios para o sistema fisiológico, psicológico e social das crianças e adolescentes. Então, é mais do que importante estimular a prática de atividades físicas, pois uma criança ativa se tornará um adulto saudável — explica o professor André Messias.

Pais devem ser criativos com ações em casa

Além da questão física, a quarentena está impactando a saúde emocional das crianças. De acordo com o estudo do C.Lab, os principais sentimentos identificados nelas foram: ansiedade (57%), tédio (53%), preguiça (38%) e solidão (22%).

— Temos visto no consultório muitas crianças com alterações no sono, no apetite, algumas comendo exageradamente e outras, menos do que precisam. Algumas crianças estão apresentando medo, ansiedade e agressividade — afirma Angelo Gagliardi Jr, pediatra e diretor médico da Clipe Clínica Pediátrica.

Os pais têm papel fundamental na mudança de comportamento dos pequenos neste período sem aulas.

— Essa é uma chance para que pais, avós e outros adultos que morem com crianças possam interagir com elas. Há uma série de atividades que podem ser feitas dentro de casa, mas elas precisam ser prazerosas — finaliza André Messias, professor de educação física.

PRATIQUE COM SEGURANÇA

Amarelinha

Você pode fazer uma amarelinha no chão do quintal, do playground do prédio ou até mesmo dentro de casa com fitas adesivas coladas no chão

Pular corda

Brincar de pular corda faz muito bem para os músculos das pernas e para o equilíbrio

Corrida de obstáculos

Dá para montar uma corrida de obstáculos com objetos que você tem em casa: vale usar baldes, cabos de vassoura e outros itens que não sejam perigosos. Coloque as crianças para correr em zigue-zague pelos obstáculos ou a pisar em com um pé em cada círculo

Dançar

A dança é uma atividade que envolve todo o corpo e as crianças adoram. A família pode inventar suas próprias coreografias ou brincar em jogos do tipo Just Dance. É possível encontrar vários vídeos no youtube com as coreografias do jogo

Vivo ou morto

Para cima e para baixo, essa brincadeira ajuda a exercitar os músculos inferiores e também contribui para a atenção e a coordenação motora

Atividades de equilíbrio

A corda usada para pular pode ser usada também em brincadeiras de equilíbrio, basta colocá-la no chão e pedir para que a criança siga o caminho que ela faz. Dá para brincar também de andar apenas sobre as linhas do piso. Ou então, encher um copo de água e pedir para que a criança ande com ele por uma certa distância sem deixar a água derramar

Exercícios ao ar livre

Sempre que possível, é indicado levar a criança para andar dentro do condomínio ou no quarteirão, sempre usando máscara. Vale fazer uma caminhada em família ou andar de bicicleta. Se houver uma piscina no quintal ou no condomínio, nadar é uma ótima atividade


Voltar


Comente sobre essa publicação...