Semana On

Quinta-Feira 24.jun.2021

Ano IX - Nº 448

Mato Grosso do Sul

Projetos do Governo do Estado ampliam oferta de saúde em Corumbá e região

Expectativa é de que o complexo de saúde pública ficará pronto em oito meses

Postado em 01 de Maio de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com ajustes no projeto de engenharia, devido ao solo rochoso no setor onde será edificada a unidade com 30 leitos, a estrutura do novo complexo de saúde pública de Corumbá se destaca entre as ruas América e Sete de Setembro, centro da cidade. Executada pelo município com R$ 12 milhões em recursos do Governo do Estado, a obra mudará radicalmente o padrão de assistência médico-hospitalar na região.

A construção é anexa ao centenário Hospital de Caridade. O novo Pronto Socorro contará com alas de triagem, emergência, ambulatório, receptivo e enfermaria, além do setor com 30 leitos. Os investimentos ampliam a estrutura do único hospital de uma região com 200 mil habitantes (incluindo Ladário e as cidades fronteiriças da Bolívia), com uma demanda crescente e hoje sem suporte clínico para oferecer qualidade de serviços à população.

Reestruturação da saúde

Segundo o governador Reinaldo Azambuja, a construção do novo PS em Corumbá faz parte de um plano de reestruturação da saúde em todo o Estado, totalizando seis novas estruturas hospitalares. “Vamos entregar uma nova estrutura em saúde, totalmente equipada, moderna, para fazer um bom atendimento à Corumbá e região”, afirmou. “Esta obra é um compromisso que fizemos e ficamos muito contentes com a parceria com a Prefeitura”, completou.

O novo complexo para atendimento de urgência e emergência terá 3.661 metros quadrados de espaço físico, dos quais 50% já foram concluídos, segundo a Secretaria de Obras do município. Após a readequação do projeto técnico, com a necessidade de detonação de 950 metros quadrados de solo rochoso, a empresa executora da obra acelera o ritmo e contratará mais 20 operários para trabalharem na edificação da unidade de leitos.

Os investimentos do governo estadual são primordiais para dar dignidade à população da região com um atendimento médico de qualidade, destaca o deputado corumbaense Evander Vendramini. “O atual pronto-socorro é antigo, sem estrutura para atender a grande demanda, e essa obra vem proporcionar aquilo que todos almejam há décadas: um serviço hospitalar de qualidade, moderno e novo, com mais leitos e um amplo espaço”, comentou.

Vendramini afirmou ainda que o governador Reinaldo Azambuja tem cumprido todos os pleitos com a região, priorizando as necessidades da população. “É um olhar diferente com nossa Corumbá”, disse. Para o vereador Roberto Façanha, presidente da Câmara de Vereadores do município, Reinaldo Azambuja vem destinando os maiores recursos em saúde para a região. “É o governo que mais faz por Corumbá, em todas as áreas”, frisou.

Conclusão em oito meses

“Tivemos que nos adequar também aos procedimentos e protocolos de prevenção ao coronavírus, mas estamos acelerando o serviço para cumprimento do cronograma de conclusão em 18 meses”, afirmou o engenheiro responsável pelo empreendimento, Lucas Eduardo Kerber. Segundo ele, a obra física deverá ser finalizada em oito meses. “Vamos dar início na primeira semana de maio a execução da parte de fundação da unidade dos leitos”, garantiu.

Os investimentos do Governo do Estado incluem, ainda, reforma do atual prédio do Hospital de Caridade, construído em 1904, e reestruturação completa do centro obstétrico e da enfermaria da maternidade. Numa segunda etapa, serão adquiridos os equipamentos e mobiliário. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a reforma no cento obstétrico vai padronizar a unidade dentro das normativas da Rede Cegonha, do Ministério da Saúde.


Voltar


Comente sobre essa publicação...