Semana On

Quinta-Feira 19.mai.2022

Ano X - Nº 487

Coluna Ponte Aérea

Apostas perigosas

Raphael Tsavkko Garcia de alianças e candidaturas oportunistas e sem noção

Postado em 13 de Abril de 2022 - Raphael Tsavkko Garcia

Foto: Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Bem, o PT apostou pelo segundo turno ideal, apostou por não pressionar por impeachment, apostou por não ter qualquer mobilização contra Bolsonaro... Ter o Bolsonaro no poder sempre foi confortável e politicamente interessante pro PT.

O Lula não precisa de programa, não precisa se preocupar em justificar alianças com criminosos e corruptos de todo tipo se do outro lado existe um Bolsonaro. É civilização versus barbárie (mesmo que a diferença entre um e outro seja cada vez menor).

Só que o PT e Lula não contavam com uma população que aparentemente está contente ou ao menos não se opõe veementemente à barbárie - ou que talvez não engula o discurso do PT coalhado de identitarismo (de fachada), a aliança com os mesmos bandidos de sempre, enfim...

E se no fim o Bolsonaro se reeleger, a culpa vai ser de 2013, dirão os petistas na ladainha de sempre. Sempre há uma herança maldita, nada é jamais culpa do PT e de Sua Lulidade.

E é aquilo, autocrítica? Não faz mais nem sentido, não existe espaço pra isso. O grosso da esquerda está confortável em se submeter ao PT, não tem pra que se esforçar, não tem porque mudar o discurso.

Se vencer é porque o povo é lindo, maravilhoso e Lula é nosso messias. Se perder a culpa é dos outros. E seguimos indo em direção ao abismo - ou na verdade já estamos caindo esperando que milagrosamente algo apare a queda.

MAIS UMA CANDIDATURA

Mais uma candidatura do PT que só serve pra prejudicar alguém de esquerda (no caso, o Molon). Márcia Tiburi parte 2, o retorno dos que foram pra Paris.

O mais interessante é que o Freixo, que foi a vítima do cavalo de troia chamado Tiburi é agora quem trama com o PT pra prejudicar o próprio partido (e o Molon) e defender o Ceciliano (que por razões de "não quero ser processado" vou me abster de adjetivar).

Não que o Freixo não seja mero instrumento do PT há tempos, e daqueles que quanto mais apanha, mais gosta, mas ainda assim, o PSB ficar contente e calado diante dessa sacanagem é que é impressionante.

O pior de tudo é que o Freixo não só foi sempre tratado como capacho, mas ainda colocaram a Tiburi, alguém que é tão medíocre que quase dá pena, virtualmente inimputável tamanho o descolamento da realidade, pra concorrer contra ele.

É um sinal tremendo de desprezo. E denota que realmente o PT queria só prejudicar o Freixo e nada mais - não tinha proposta, não tinha qualquer perspectiva, era realmente apenas uma tentativa de prejudicar o amiguinho.

E que hoje está sorrindo, feliz pela atenção recebida pelo Lula, como uma criança ganhando um pirulito por bom comportamento depois de ter rolado de uma ribanceira, se ralado todo e potencialmente quebrado algum osso. Só que no caso quem entregou o pirulito é o mesmo que empurrou o miserável ribanceira abaixo.

O PT segue sendo o câncer que corrói a esquerda, destrói tudo pelo caminho. E com a conivência de quase toda a esquerda. Só não digo que é uma relação BDSM porque o pessoal que curte não merece ser comparado com o lixo político que nos domina - e no fim são só eles que se f*dem, no caso do PT e de suas negociatas os que se ferram são os outros.

PRA ENTENDER

Entendam, no Brasil você tem que votar no Lula contra o Bolsonaro. No Lula com ladrão de merenda, com pastor fundamentalista, com ladrão, corrupto, com cara com mala de dinheiro no apê...

Mas na França não, a extrema-direita é igualzinha ao Macron!

Afinal a Le Pen nem é tão ruim, gente. É culpa da mídia que a pinta como uma fascista malvada!=D

Pra quem apoia a Rússia cometendo crimes de guerra, contra a humanidade e genocídio, nada mais coerente que celebrar a vitória do Orbán e de quebra tentar disfarçar a simpatia pela Le Pen.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Raphael Tsavkko Garcia

Raphael Tsavkko Garcia

Raphael Tsavkko Garcia é jornalista e Doutor em Direitos Humanos.


Saiba mais sobre Raphael Tsavkko Garcia...