Semana On

Quarta-Feira 10.ago.2022

Ano X - Nº 499

Coluna Eles em Nós

O Grotesco

Idelber Avelar Fala da farsa e da paródia como estratégia bolsonarista

Postado em 06 de Janeiro de 2022 - Idelber Avelar

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

É simplesmente grotesca a paródia de Cristo sofrido que o minúsculo tenta fazer. É grotesca.

Vejam bem, não sou contra, necessariamente, a paródia como instrumento político. Tá lá o Cristo sofrido na cruz e, por mim, se você quiser fazer a paródia dele, tudo bem. A paródia será avaliada pelos seus méritos como paródia.

Não sou contra, necessariamente, o político usar a carga de sofrido para capitalizar. De certa forma, a política é isso quase sempre mesmo, e no Brasil moderno, de Vargas a Lula, a imagem do sofrido perseguido tem sido parte do nosso repertório.

****

O problema com Bolsonaro é que é tudo farsesco e minúsculo, agora entupidinho porque não comeu camarão direito, sempre exibindo as fotinhas em que está fraquinho e baleado, sempre minúsculo em sua palhaçada auto-depreciativa, sua última esperança para tentar recuperar popularidade.

Ele merece, pela forma como se comportou, ficar fora do 2˚ turno das eleições, o que seria um grande, contundente recado da sociedade brasileira. Oxalá aconteça.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Idelber Avelar

Idelber Avelar

Idelber Avelar é professor titular de literatura latino-americana e teoria literária em Tulane University.


Saiba mais sobre Idelber Avelar...