As vaias vão para os servidores da UPA da Cel. Antonino que no plantão da noite de quinta-feira (18) estavam 90% mal humorados, atendendo os pacientes com pouco caso. A gerência do posto não se fazia presente (ou alguém responsável) e ao adentrar a unidade era possível ver servidoras lanchando na mesma sala em que estavam os pacientes (inclusive um acidentado). Um simples raio-X demorou cerca de 2h30 para ser solicitado e TODOS os funcionários, de médicos a auxiliares, trabalhando sem nenhuma identificação. Ou seja, tudo errado!