Semana On

Domingo 20.out.2019

Ano VIII - Nº 368

Mato Grosso do Sul

Ministro da Saúde assume compromisso de liberar recursos para Hospital Regional de Dourados

Governador Reinaldo Azambuja tratou do assunto em Brasília

Postado em 15 de Novembro de 2018 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em audiência com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, o governador Reinaldo Azambuja tratou, na quarta-feira (14), de repasses a hospitais de Mato Grosso do Sul. Ele discutiu a liberação do depósito dos convênios para a construção do Hospital Regional de Dourados, no valor de R$ 9,4 milhões, e o repasse mensal de R$ 6 milhões para o Hospital do Trauma, de Campo Grande. O ministro assumiu o compromisso de liberar os recursos.

O Hospital de Dourados está em construção. A unidade terá perfil assistencial de hospital geral, que priorizará as linhas de cuidados de urgência e emergência, cardiologia, nefrologia, oftalmologia e cirurgia geral, com 210 leitos, UTI adulto e pediátrico e centro cirúrgico e obstétrico, entre outros setores. Enquanto ele não fica pronto, o Governo do Estado locou o hospital São Luis, onde são feitas 300 cirurgias eletivas por mês.

Já em Campo Grande, o Hospital do Trauma foi entregue após duas décadas do início da construção. Específico para atendimento de politraumatizados, a unidade foi construída em anexo à Santa Casa de Campo Grande para realizar atendimentos de média e alta complexidade em ortopedia, ajudando a desafogar o sistema de saúde na Capital.

São mais de 6.600 m² de área construída, com 100 leitos de internação, 10 leitos de UTI, cinco salas cirúrgicas, duas salas para cirurgia de pequeno porte, uma sala de fisioterapia, uma sala de reabilitação, três salas de observação com 15 leitos, duas salas de raio x, uma sala de tomografia, duas salas de odontologia, três consultórios e uma sala de emergência.

Vigilância em Saúde

Reinaldo Azambuja solicitou ainda aumento do repasse de verbas de média e alta complexidade para municípios de Mato Grosso do Sul e habilitação de alguns serviços e equipamentos. Também nesta quarta-feira, em Brasília, Reinaldo Azambuja e o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Coimbra, garantiram a vinda de três caminhonetes, que serão usadas para as ações de vigilância em saúde em Campo Grande. A audiência contou ainda com a presença do deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS).


Voltar


Comente sobre essa publicação...