Semana On

Terça-Feira 18.dez.2018

Ano VII - Nº 332

Super Banner na capa e em toda a revista

Veí­culos

Nissan oficializa preços da Frontier 2019

Agora fabricada na Argentina, a picape passou por um reposicionamento de versões - duas mais em conta chegam em 2019

Postado em 13 de Novembro de 2018   - G1

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Nissan oficializou os preços da linha 2019 da Frontier, que passa a ser fabricada na Argentina e chega às lojas brasileiras na próxima semana. Agora, o modelo parte de R$ 153.590 na versão Attack 4x4. Outras versões mais em conta chegam em 2019.

Ao todo, serão cinco configurações diferentes para a nova Frontier: S, Attack 4x2, Attack 4x4, XE 4x4 e LE 4x4. Por enquanto, a marca comercializará apenas as três mais caras, deixando a S para janeiro e a Attack 4x2 para abril de 2019.

Para abrir a linha, a Attack 4x4 custa R$ 153.590 e tem central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, faróis de neblina e visual lameiro.

A intermediária XE (R$ 172.880) acrescenta ar-condicionado de duas zonas, chave presencial com partida do motor por botão, luz de condução diurna (DRL), faróis automáticos, bancos de couro com ajustes elétricos no do motorista e 6 alto-falantes.

Já a topo de linha, LE, custa R$ 193.290 e além dos equipamentos da XE adiciona teto solar e sistema de visão 360° com câmeras laterais, traseira e frontal. Ela também soma 6 airbags, contra os 2 obrigatórios das versões inferiores.

Mecânica variada

Antes disponível com apenas uma configuração mecânica, a picape agora tem 3. Todas as versões têm o mesmo motor 2.3 biturbo a diesel com intercooler e injeção direta, mas a S e a Attack 4x2 têm potência de 160 cavalos e torque de 41 kgfm.

ara a de entrada, S, o câmbio é manual de 6 marchas, enquanto a Attack 4x2 utiliza o automático de 7 marchas. As demais versões têm a regulagem mais potente do motor, com 190 cavalos e 45,9 kgfm de torque.

Reposicionamento

Segundo a Nissan, a LE sobe de patamar (ela está R$ 21.900 mais cara em relação à linha 2018, fabricada no México) e a XE ocupa o lugar antes ocupado pela LE, custando R$ 1.490 a mais do que a LE 2018 e R$ 18.990 do que a antiga SE, que ficava imediatamente abaixo da LE.

Veja a tabela abaixo e entenda as relações entre as versões feitas na Argentina para a linha 2019 e as fabricadas no México até 2018.


Voltar


Comente sobre essa publicação...