Semana On

Quarta-Feira 21.nov.2018

Ano VII - Nº 328

Gov dengue

Campo Grande

Intervenções no Nova Lima beneficiam moradores e comerciantes

Obras de drenagem, pavimentação e recapeamento no bairro estão sendo executadas graças à parceria entre Governo do Estado e Prefeitura

Postado em 31 de Outubro de 2018   - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Depois de 22 anos morando no bairro Nova Lima, Maria de Oliveira, de 58 anos, realizou o sonho de finalmente poder sair e chegar em casa nos dias de chuva com a tranquilidade de saber que a rua não virou “uma lagoa”. Ela é uma das moradoras beneficiadas pelas obras de drenagem, pavimentação e recapeamento no bairro, que está sendo executada graças à parceria entre Governo do Estado e Prefeitura.

Nos dias de chuva intensa, Maria conta que precisava improvisar “calçados” para conseguir chegar até o ponto de ônibus. “Eu tinha que amarrar um saquinho em cada pé para ir até o ponto de ônibus. Era o jeito para não chegar com o sapato molhado e cheio de barro no serviço”, explica. Olhando para a rua asfaltada, ela diz que “está tudo ótimo. O asfalto era um sonho”.

Além de proporcionar tranquilidade aos moradores, as obras já refletem em melhoria no fluxo do comércio local. A comerciante Rosilene Miranda da Silva, 32 anos, lembra que o acúmulo de terra em frente ao seu comércio era um impedimento para o acesso dos clientes e para não perder a clientela precisou improvisar um “serviço de entrega”. “Muitas vezes as pessoas não queriam vir até aqui por causa do monte de terra, não queriam sujar o pé, então, pediam para levar o produto até o outro lado da rua. Eu fazia quase que um serviço de entrega”, brinca. Depois do início da obra, ela avalia que o comércio ganhou maior visibilidade e espera aumento nas vendas.

Dono de oficina de veículos, Alaércio Luiz Boscardin, 32 anos, já percebeu crescimento no fluxo de veículos nas vias asfaltadas e, consequentemente, alta no número de clientes. “Tem mais veículos passando por aqui agora. Sempre aparece um cliente a mais, melhorou o movimento para nós”.

Melhoria

Outro motivo de comemoração é o fim da sujeira e poeira que o chão de terra provocava. “A gente trabalha com comida e tínhamos que estar limpando toda hora por causa da poeira que tinha da rua. Melhorou muito para nós”, diz a caixa de mercado Sara Lopes, de 23 anos.

A moradora Katilirene Morais, 35 anos, destaca outro ponto: a valorização dos imóveis da região. “A gente já percebe uma diferença e vê obras, novas casas sendo construídas”, diz. Ela ainda comemora a redução do trabalho doméstico. “Menos poeira, menos sujeira para gente ter que limpar”.

Comerciante no bairro há mais de 20 anos, Aléssio Boscardin está satisfeito com o fim do “barreiro” e espera ansioso pelo término das obras, que além do asfalto vão trazer rede de esgoto. “A gente não tinha rede de esgoto e nem asfalto. Era uma reclamação nossa. Agora esperamos que terminem os detalhes. Para gente vai ser uma maravilha”, diz.

As obras no Nova Lima foram dividas em duas etapas, sendo que a primeira está orçada em mais de R$ 26,8 milhões, com previsão para ser concluída até o fim deste ano. O trabalho inclui drenagem, pavimentação e recapeamento no quadrilátero das ruas Marques de Herval, Jerônimo de Albuquerque, Zulmira Borba e da avenida Cônsul Assaf Trad.

Já a segunda etapa, orçada em R$ 26 milhões, deve ter o edital de licitação publicado nos próximos meses. As obras são executadas por equipe da prefeitura de Campo Grande, com recursos federais e contrapartida do Governo do Estado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...