Semana On

Quarta-Feira 20.nov.2019

Ano VIII - Nº 372

Cultura e Entretenimento

Festival das Artes Plásticas de Campo Grande segue até a próxima quarta com oficinas

Na sexta haverá oficina de pintura para alunos de uma escola e no sábado serão duas oficinas abertas ao público

Postado em 25 de Outubro de 2018 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A 2ª edição do Festival das Artes Plásticas de Campo Grande continua por mais uma semana, encerrando-se na próxima quarta-feira (31). Nesta sexta-feira (26) haverá uma oficina de pintura para 33 alunos do 5º ano da Escola Municipal Celina Martins Jallad e no sábado (27) duas oficinas de pintura abertas ao público, a partir das 13h, sendo 15 vagas por turma. Os ministrantes serão os artistas Mauricio Saraiva, Ana Luiza e Antônio Lima. O festival acontece no Armazém Cultural.

O evento tem como objetivo fomentar e dar visibilidade às artes pláticas campo-grandense. Participam do festival 160 artistas, cada um com três obras e no total há mais de 500 obras expostas. Cada artista participa com sua série de uma das seis categorias do evento, que são: pintura gravura, escultura, fotografia, desenho e instalação.

Artistas premiados

A comissão julgadora formada pelos artistas Darwin Antonio Longo, Gilberto Luiz Alves, Lúcia Monte Serrat, Natanael Longo de Oliveira, Euiza Bortolotto e Giane Fonseca Bifon avaliou todos os trabalhos expostos e escolheu os três melhores em cada categoria. Foram levados em conta a criação, qualidade técnica e valor cultural. O primeiro colocado recebe R$ 4 mil, o segundo R$ 2.500 e o terceiro R$ 1.500. A premiação é a mesma para todas as categorias.

Foram contemplados na categoria pintura: Cecilio Vera, com a obra Desmatamento no Cerrado I; Patricia Helney, com a obra Cordão São João; e Diana Cher, com obra sem título. Na categoria escultura: Aldo Torres, com a obra Flor de Maracujá; Alexandra Camillo, com a obra Na Janela; e Sonia Correa, com a obra Catadora de Emoções. Na categoria fotografia: Mariana Arndt, com a obra Libre por Siempre; Wagner Thomaz, com a obra Horizonte C; e Leiliane Assis, com a obra Fuga. Na categoria desenho: Angela Miracema, com a obra Naacoli (Caminhos); Jó Aquino, com a obra Figura Cênica 01; e Lucas Braz, com a obra Entrelinhas 87. O melhor conjunto de obra ficou com Joni Lima.

Outros 20 artistas foram premiados com R$ 700. São eles: Alan Davi, Alan Vilar, América Cardinal, Anelise Godoy, Bravo, Carol Jordão, Galvão Preto, Isac Saraiva, Lúcia Ribeiro, Marcia Albuquerque, Marilena Grolli, Nilson Escultor, Poppy Carpio, Raquel, Roberto Higa, Rodrigo, Rose Moura, Sara Cayres, Thais Galbiati e Xodó.

Ainda haverá um prêmio para a obra mais votada por júri popular, que ganha R$ 1 mil. Já visitaram a exposição mais de 3 mil pessoas.

Serviço

O Armazém Cultural fica no início da Avenida Calógeras, ao lado da Feira Central. A visitação pode ser feita de terça-feira a domingo, das 10h às 22h. A entrada é gratuita.


Voltar


Comente sobre essa publicação...