Semana On

Terça-Feira 10.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Coluna

Da África ao Brasil: o Cuscuz

Mil e uma receitas desta delícia culinária

Postado em 19 de Setembro de 2018 - Vera Chaves

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O cuscuz, kuz-kuz ou alcuzcuz é o prato nacional dos mouros na África Setentrional, do Egito ao Marrocos. No Brasil encontramos várias receitas e maneiras de prepará-lo. Com o arroz, com a mandioca, inhame, e o mais tradicional: de milho... No nordeste ele figura no café da manhã ou na janta. No sul há o cuscuz paulista e também o mineiro, com recheio de peixe desfiado, sardinha em lata, molho espesso de tomates, mas sempre de milho, as vezes com adição de leite de coco, o que não ocorre em nenhuma região africana. O cuscuz paulista é muito apreciado na mesa do brasileiro e constitui uma refeição nutritiva e completa. Eu costumo dizer que um belo cuscuz dá um ar de festividade a qualquer refeição, pois é um prato delicioso, colorido e de ótima apresentação.

Receita de Cuscuz Paulista

In­gre­di­entes

• 1 xí­cara (chá) de molho pronto de to­mates
• 1 xí­cara (chá) de óleo ou azeite extra virgem
• 1 xí­cara (chá) de água
• 2 cubos de caldo de ga­linha
• 1 pi­mentão verde pi­ca­dinho , mais al­gumas ro­delas ou ti­ri­nhas para a de­co­ração
• 1 pi­mentão ver­melho pi­ca­dinho , mais al­gumas ro­delas ou ti­ri­nhas para a de­co­ração
• 1 ce­bola pi­cada
• pal­mito pi­cado a gosto
• 50 g de azei­tonas pi­cadas
• sal­sinha pi­cada a gosto
• 1 xí­cara (chá) de er­vi­lhas con­ge­ladas
• 2 latas de filés de sar­dinha
• molho de pi­menta a gosto
• 2 ovos co­zidos pi­cados , mais 1 ovo co­zido cor­tado em ro­delas para a de­co­ração
• 2 a 3 xí­caras (chá) de fa­rinha de milho ama­rela 

Modo de Pre­paro

• Unte uma fôrma de bu­raco no meio com óleo e de­core com pe­daços de pi­mentão, azei­tonas, ovos co­zidos, ro­delas de pal­mito e sar­dinha. Re­serve.
• Re­fogue a ce­bola pi­cada com um fio de azeite em uma pa­nela grande, junte o molho de to­mates, o óleo ou azeite, a água e os cubos de caldo de ga­linha.
• Leve ao fogo e deixe ferver bem.
• A se­guir, acres­cente os pi­men­tões, o pal­mito, as azei­tonas, a sal­sinha, a sar­dinha, o molho de pi­menta e os ovos co­zidos.  Quando es­tiver fer­vendo, junte a fa­rinha de milho aos poucos, sempre me­xendo com uma co­lher de pau, até obter uma pasta con­sis­tente e úmida.
• Deixe co­zi­nhar em fogo brando por mais 5 mi­nutos, sempre me­xendo.
• Des­peje a massa ob­tida na fôrma pre­pa­rada, aper­tando bem. Sirva em tem­pe­ra­tura am­bi­ente ou ge­lado

Dica da Vera

• Subs­titua meia xí­cara da fa­rinha de milho por fa­rinha de man­dioca.
• Sirva seu cuscuz em um prato de bolo, com pé, fica uma apre­sen­tação ba­cana.
• Se quiser va­riar subs­titua a sar­dinha por frango des­fiado ou ca­ma­rões.


Voltar


Comente sobre essa publicação...