Semana On

Quinta-Feira 22.ago.2019

Ano VII - Nº 359

Mato Grosso do Sul

Hospital Regional da região Leste de MS será entregue em dezembro, afirma Reinaldo

Inicialmente, a unidade terá capacidade para 138 leitos, três blocos e anexos

Postado em 18 de Setembro de 2018 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Apesar de o fim do contrato com a construtora ter previsão de encerramento para março do próximo ano, a expectativa é que o Hospital Regional de Três Lagoas seja concluído em dezembro. A garantia é do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que começou a obra em março de 2017. O investimento é de R$ 56,4 milhões. A unidade de atendimento à saúde vai beneficiar toda a população da região Leste de Mato Grosso do Sul,

“Essa obra é muito importante. Além de construirmos um hospital que servirá para a população de toda a Costa Leste, como ponto de atendimento de referência em média a alta complexidade, esse hospital servirá também para a formação dos novos profissionais da área da saúde. Os trabalhos estão avançados e acredito que vamos entregar até dezembro”, pontua Reinaldo.

 A obra do Hospital Regional de Três Lagoas (HRTL) segue em ritmo intenso de trabalho, com mais de 110 trabalhadores. De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), as principais frentes de serviço estão concentradas na execução da superestrutura (forma, armação e concreto). Também são feitas as tubulações de esgoto e águas pluviais e instalações elétricas.

 Conhecendo a obra

Construído em terreno de 26.466,28 m², o prédio de 15.687,00 m² terá capacidade para 138 leitos e contará com blocos setorizados: Bloco A, Bloco B, Bloco D e os anexos.

No bloco A funcionará os serviços de emergência e urgência, psiquiatria, diagnóstico, tomografia, ressonância magnética, raio-x e ultrassonografia. A estrutura contará com ambulatórios, leitos, centro cirúrgico, auditório, salas de aulas, laboratórios, esterilização e área técnica dos equipamentos de climatização do centro cirúrgico.

Já o Bloco B contará com a farmácia, hemodinâmica, diretoria, coordenação, pediatria, alojamento, enfermaria, isolamento, elevador e escada de acesso para o bloco A e casa de máquinas. 

O Bloco D terá lavanderia, cozinha e vestiários.

O Hospital Regional de Três Lagoas é um pleito antigo da população da região e está sendo construído no Distrito Industrial, às margens da rodovia BR-158, em uma área doada pelo empresário Magid Thomé Filho à Prefeitura. Ele funcionará com estrutura de atendimento para moradores de pelo menos 10 cidades: Água Clara, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo e Selvíria, além de Três Lagoas.

A expectativa é que quando entrar em funcionamento, o HRTL empregue 652 funcionários em quatro turnos.


Voltar


Comente sobre essa publicação...