Semana On

Sábado 31.out.2020

Ano IX - Nº 417

Coluna

O frescor do limão siciliano

Confira uma deliciosa receita de peixe com esta iguaria

Postado em 13 de Junho de 2018 - Vera Chaves

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Espécie da família das rutáceas, o limoeiro siciliano (Citruslimonum ou Citruslimonia) pertence ao gênero citrus. Os frutos têm suco ácido, aromático, de cor amarelo-clara. A casca, também muito aromática, é verde-clara ou amarela quando o fruto amadurece. Originário da Índia ou da Malásia, os portugueses o trouxeram para o Brasil, mas hoje é amplamente cultivado no norte da África, Itália e Espanha. No Brasil sua produção não é grande.

Na culinária, esta delícia entra em marinadas e molhos para salada. Com o suco se fazem ainda geleias, sorvetes, coquetéis, cremes, recheios. Em toda a Itália são famosos os licores e as granitas produzidos com o limão. A casca pode ser usada em compotas e conservas salgadas. O limão entra finalmente em marinadas para carnes grelhadas ou assadas. É pouco calórico, 100ml do seu suco tem somente 25 calorias, e rico em Vitamina C, Fibras, Cálcio, Fósforo e Potássio.

Como escolher?

Seu preço é su­pe­rior ao dos li­mões mais abun­dantes, como o ga­lego. Por isso mesmo, quando tiver a opor­tu­ni­dade de co­lher do pé, es­colha os li­mões ma­duros e firmes. Em casa, em­bale-os em saco plás­tico e con­serve na ge­la­deira - duram quatro se­manas. Se não re­ce­beram tra­ta­mento com de­fen­sivos agrí­colas, apro­veite para usar também a casca no pre­paro de com­potas ou de ge­leias. Ao es­co­lher, ve­ri­fique também se estão bem de­sen­vol­vidos e com brilho. Re­jeite sempre que es­ti­verem man­chados, mur­chos e opacos.

Dica boa

Se os li­mões não es­ti­verem su­cu­lentos, mer­gulhe-os em água morna por al­guns mi­nutos antes de es­premê-los. As raspas de limão secas se con­servam bem e devem ser pre­pa­radas em es­pe­cial se tiver li­mões cul­ti­vados sem de­fen­sivos agrí­colas. Lave, en­xugue e rale só a parte co­lo­rida da casca.

Confira a receita

Peixe Ao Limão Si­ci­liano
In­gre­di­entes (para 4 pes­soas)

Para o peixe:
- 4 filés de salmão tem­pe­rados com sal , pi­menta do reino moída na hora.
- azeite extra virgem

Para o Molho de Limão Si­ci­liano:
- 4 uni­dades de limão si­ci­liano
- 50 ml de mel
- 1 pi­tada de sal
- pi­menta do reino branca moída na hora
- 200ml de creme de leite (pre­fe­ren­ci­al­mente fresco)
- 100 ml de caldo de frango ou le­gumes
- 100ml de vinho branco char­donay
- 50g de man­teiga sem sal
- aça­frão da terra (op­ci­onal)
- raspas da casca dos li­mões para de­corar

Modo De Pre­paro:
Es­prema e coe os li­mões. Aqueça uma pa­nela, der­reta a man­teiga cui­dando para não queimar. Junte o sumo dos li­mões, o caldo de le­gumes e o vinho branco. Deixe re­duzir um pouco. Acres­cente sal e pi­menta do reino a gosto. Acres­cente o mel aos poucos e vá pro­vando. O mel serve apenas para que­brar a acidez, pois este é um molho de limão e seu sabor deve ser pre­ser­vado.

Quando es­tiver re­du­zido pela me­tade acres­cente o creme de leite aos poucos. Caso queira dar um tom ama­re­lado ao molho co­loque uma pi­tada de aça­frão da terra. Prove, se ainda es­tiver muito ácido acres­cente mais um pou­quinho de mel. Quando o molho es­tiver cre­moso es­tará pronto.

En­quanto es­tiver co­zi­nhando o molho grelhe os filés de peixe em um fio de azeite. Sirva os filés re­gados com o molho. De­core com raspas da casca do limão. Sirva com arroz branco ou com ba­tatas co­zidas e sal­te­adas na man­teiga.

Har­mo­nize com Vinho Es­pu­mante Brut.


Voltar


Comente sobre essa publicação...