Semana On

Domingo 22.abr.2018

Ano VI - Nº 299

Super Banner na capa e em toda a revista

Mundo

Inferno não existe, diz o papa Francisco, segundo jornal italiano

Vaticano, porém, afirma que falas relatadas em artigo não são transcrição fiel

Postado em 29 de Março de 2018   - Redação Semana On

O papa Francisco disse em entrevista a Eugenio Scalfari, fundador do jornal italiano La Repubblica, que "o inferno não existe; o que existe é o desaparecimento das almas pecadoras". 

"Não existe um inferno em que sofrem as almas dos pecadores por toda a eternidade", teria dito o pontífice, segundo a reportagem de Scalfari, publicada no último dia 29. "Aqueles que não se arrependem e portanto não podem ser perdoados desaparecem."

O Vaticano, porém, afirmou em comunicado que o papa recebeu Scalfari para um encontro privado, sem conceder entrevista, e que as falas citadas no texto não deveriam ser consideradas "uma transcrição fiel das palavras do Santo Padre".

Scalfari, de 93 anos, que é ateu e entrevistou o papa diversas vezes, já disse anteriormente que não grava nem anota suas entrevistas, usando sua memória para recontar as conversas.

Na quinta (29), quando começaram as atividades da Páscoa no Vaticano, o papa fez o ritual do lava-pés, na prisão Regina Coeli, em Roma. O pontífice lavou os pés de 12 presos, entre católicos, muçulmanos, um cristão ortodoxo e um budista, de nacionalidade italiana, filipina, marroquina, colombiana, nigeriana, leonesa e moldávia.

Em missa, o papa pediu que os padres se aproximem espiritualmente de suas congregações e que não se atenham à lei católica em seus sermões. Francisco disse que os padres podem dizer aos adúlteros que não voltem a pecar, mas que não devem adotar um tom legalista e que devem permitir que os adúlteros olhem para frente e não para trás.


Voltar


Comente sobre essa publicação...