Semana On

Sábado 22.set.2018

Ano VI - Nº 321

Governo

Campo Grande

Idosos comemoram volta de quatro bailes por mês no Vovó Ziza

Retomada do evento acontece no próximo dia 23

Postado em 08 de Março de 2018   - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande anunciou a retomada dos bailes semanais no Centro de Convivência Vovó Ziza. O anunciou foi feito pelo prefeito Marquinhos Trad, em companhia de frequentadores assíduos dos eventos.

Lair Gutierrez Rodrigues, 72 anos, disse que aguardava ansiosa pela volta dos encontros. “É muito importante para nós, para nossa saúde, para nossa alegria. Sempre participei dos bailes e nem sei dizer em quantos fui. A expectativa era muito grande para voltar a dançar”, disse.

Quem também comemorou a notícia foi João Rodrigues, 76 anos, assumidamente pé de valsa. Ele conta que esperando ansioso pelo retorno. “O dia que começar vou dormir lá na frente para não perder a hora”, brincou.

Já Cléria Maria de Figueiredo, 75 anos, disse que o retorno do baile significa mais que a volta do projeto. “Muito importante, demais da conta. Esse baile livra a gente de tudo. É o dia melhor da vida da gente. Quando acabou o baile ficamos perdidos. Dava uma tristeza, dava até vontade de chorar. Sexta-feira era o nosso melhor dia”, relembrou.

Baileiro assumido, Eduardo, 73 anos, contou que frequento 4 bailes na cidade semanalmente, mas o do CCI é muito importante. “É o entrelaçamento, é a congratulação, é a festa daqueles que lá frequentam. E além disso, os amigos vão para lá. O baile da 3º idade não é só diversão e lazer, é saúde. Fico muito contente e quero agradecer ao Ademar Jr., ao Dr. Lacerda, ao vereador Valdir Gomes e ao prefeito que sempre estiveram ao nosso lado para essa conquista”, afirmou.

Martinho Pires, 74 anos, disse que os amigos já haviam falado tudo, mas tentaria complementar. “Eu costumo dizer que a pior coisa do CCI merece nota 10. O bailão é 50% do CCI, lá nos adquirimos saúde, através da dança, do esforço físico, e do relacionamento entre as pessoas”, pontuou.

A volta do baile foi anunciada no gabinete do secretário de Governo Antônio Cézar Lacerda. Um grupo de cerca de 15 idosos receberam a notícia do prefeito Marquinhos Trad, que frisou a importância do vereador Valdir Gomes, e do secretário de Governo, bem como do subsecretário Municipal de Defesa dos Direitos Humanos, Ademar Jr.

“O Valdir sabe das dificuldades que a prefeitura passou e foi extremamente compreensivo quando estávamos sem condições de manter aquilo que vocês merecem. O retorno do baile, dentro da Coordenadoria da Melhor Idade, da Subsecretaria dos Direitos Humanos, nos alegra muito. Estamos de mãos dadas e braços abertos, coração pronto e pernas afiadas para dançar toda semana”, disse.

Agradecendo ao prefeito, o vereador Valdir Gomes, que foi coordenador por muitos anos no CCI Vovó Ziza, falou um pouco do que o centro se tornou. “O Vovó Ziza se tornou referência nacional pelo trabalho que lá foi feito. E agora o senhor (prefeito) esta continuando. Só temos a agradecer e dizer que as portas estão abertas. Esse baile deixou de acontecer em virtude de a prefeitura ter várias situações que pegou para pagar, contas atrasadas. E hoje estamos sendo beneficiados com essa volta que é de suma importância para os idosos, para a saúde, para o lazer. Só tenho a agradecer em nome do Vovó Ziza, local que sou fundador e agora como vereador participo dessa volta que me deixa muito feliz. A gente soube esperar e agora veio o reconhecimento”, disse.

O Secretário de Governo Antônio Cézar Lacerda anunciou a data do retorno. “No dia 23, o prefeito vai estar presente no baile, junto com o Canto da Terra. Vai ser um baile bem arrumado pra vocês. Vai ser a inauguração de um novo tempo para as pessoas da melhor idade”, disse.

A secretária adjunta Laura Miranda complementou falando da parceria da Sectur nos eventos. “Como já era tradição, a Cultura do município sempre foi parceira, o apoio se faz necessário através da escolha e valorização do artista local. A cultura tem que ser valorizada e os grupos daqui serão as grandes estrelas destas festas para a melhor idade”, afirmou.

Já o subsecretário Municipal de Defesa dos Direitos Humanos, Ademar Jr., contou que além do baile no CCI Vovó Ziza, os demais centros serão prestigiados. “Vai ter um baile uma vez por mês em um CCI nos bairros, para levar o baile a toda população dos bairros, e 4 bailes no CCI Vovó Ziza, todas as sextas-feiras. Então toda a Campo Grande vai poder participar”, frisou.

Coordenador da Defesa dos Idosos, Nelson Denes, 70 anos, disse que há dias eles discutiam esse retorno e agora podem comemorar a conquista. “Passa por a gente essa festa do lazer dos idosos, que é o baile uma vez por mês, e agora vão ser 4 vezes lá na Vovó Ziza. É a melhor conquista que podíamos ter nesse momento”, finalizou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...