Semana On

Sábado 22.set.2018

Ano VI - Nº 321

Super Banner na capa e em toda a revista

Veí­culos

Além de Tricity e Niken, Yamaha vai lançar mais uma moto de 3 rodas

Veículos diferem de triciclos comuns porque rodas inclinam nas curvas

Postado em 01 de Março de 2018   - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Yamaha parece continuar levando muito a sério sua linha de motos de 3 rodas. Esse tipo de triciclo, mas que inclina as rodas da frente nas curvas como uma moto, ganhará mais um representante na "família" da empresa.

Além do scooter Tricity e da moto de alta cilindrada Niken, a empresa anunciou durante a divulgação de seus resultados de 2017 que terá um integrante intermediário no segmento.

De acordo com a empresa, o objetivo é alcançar novos clientes com o produto. Ainda não há detalhes sobre a motorização e nem de qual estilo será a moto, mas deve ficar em uma posição entre o Tricity e a Niken.

“Não vamos ficar limitados a esses dois modelos. Nós vamos expandir a base de consumidores com novos valores”, disse Yoshihiro Hidaka, presidente da Yamaha.

Não é um simples triciclo

Os modelos da Yamaha, assim como scooter de outras marcas como Piaggio, não podem ser considerados simples triciclos porque as duas rodas da frente estão muito próximas e elas inclinam nas curvas como uma moto de apenas 2 rodas.

Os triciclos tradicionais utilizam rodas em paralelo como as de um eixo de carro e não possuem essa mobilidade. Com a pequena distância entre as rodas dianteira, esse tipo de moto de 3 rodas não perde em mobilidade em relação a uma moto convencional.

Outro fator importante é que a tecnologia não impede quedas, mas busca sim trazer mais segurança e estabilidade em curvas, quando comparada a uma moto de apenas 2 rodas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...