Semana On

Segunda-Feira 21.mai.2018

Ano VI - Nº 303

Prefeitura

Campo Grande

Sistema de videomonitoramento garante cobertura total no Parque das Nações Indígenas

Imagens são acompanhadas por um policial militar durante as 24 horas do dia e ficam gravadas para qualquer eventualidade

Postado em 08 de Fevereiro de 2018   - Redação Semana On

A ampliação e aprimoramento do sistema de videomonitoramento passa a garantir cobertura total do Parque das Nações Indígenas. Nove conjuntos de câmeras que filmam em ângulo de 360 graus já foram instaladas e pelo menos mais seis serão fixadas nos próximos dias em pontos estratégicos, afirma a diretora de Desenvolvimento do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Thaís Caramori. As imagens são acompanhadas por um policial militar durante as 24 horas do dia e ficam gravadas para qualquer eventualidade, explicou o Capitão Pablo, comandante do 5º Batalhão, que está sediado no Parque.

A melhoria no sistema de vigilância acompanha um investimento amplo que o Governo do Estado faz no Parque das Nações Indígenas e compreende reforma completa dos seis núcleos básicos (que são conjuntos de banheiros, um quiosque e espaço administrativo), reforma e pintura de todo gradil e substituição das lâmpadas atuais por modelos de LED nas luminárias do setor de quadras esportivas e pista de Skate.

Com as obras de reforma estão sendo investidos R$ 946 mil e com a aquisição dos equipamentos e instalação do sistema de videomonitoramento, mais R$ 180 mil. O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, explicou que esses recursos são oriundos de compensação ambiental. “Grandes empresas precisam compensar o Estado pelos impactos causados por seus projetos e esses recursos são revertidos em benefício da população, como é o caso das melhorias no Parque das Nações Indígenas”.

As câmeras

O comandante do policiamento no Parque das Nações Indígenas explica que as câmeras foram instaladas nos três principais portões de acesso do público e em locais com maior fluxo de pessoas, como o entorno do lago principal, a concha e a praça e também nos núcleos de apoio básico que estarão disponíveis para uso da população. São seis núcleos, porém um é usado pela PM, outro pelos bombeiros e um terceiro pela administração do Parque. Os outros três ficarão à disposição dos frequentadores do parque após concluída a reforma. Nesses, sistemas de câmeras vão registrar toda a movimentação pelo local.

As câmeras instaladas no Parque das Nações Indígenas – da marca AXIS M3024-LVE – fornecem vídeo de qualidade excelente sob condições diurnas e noturnas, têm sistema rotativo que movimenta a lente automaticamente e oferecem possibilidade de zoom que aproxima a imagem com nitidez clara como se o objeto estivesse a poucos metros do observador. Ela funciona dia e noite, pois aproveita a luz imperceptível das fontes de iluminação disponíveis para produzir imagens em preto e branco de boa qualidade. Ainda possibilita a vigilância mesmo em escuridão total, usando os duráveis LEDs IV (infravermelho) integrados de alta eficiência.

Além das câmeras, o sistema compreende uma TV com 56 polegadas, mesa operacional, no-break, torre estaiada, unidades de rádio amadores com central e HD para armazenamento das imagens, entre outros itens.

Reforma

A reforma nos Núcleos de Apoio Básico começaram no fim de dezembro; o primeiro já está praticamente concluído. Esse núcleo passou por reforma completa na parte de alvenaria, redes elétrica e hidráulica, ganhou revestimento cerâmico nas paredes dos banheiros e troca de piso, além de pias e vasos novos. Também foi construído um banheiro para portadores de necessidades especiais, além dos conjuntos masculino e feminino que já existiam. O telhado foi trocado, assim como portas, vidros e luminárias e as escadas que levam até o mirante sobre o bloco dos banheiros ganhou corrimões.
Cada Núcleo é composto por três blocos: um que abriga os banheiros, outro pode funcionar como uma cantina e o terceiro como depósito ou sala administrativa. O Parque das Nações Indígenas possui seis Núcleos de Apoio Básico que serão todos reformados. A previsão é de que até junho os trabalhos sejam concluídos.


Voltar


Comente sobre essa publicação...