Semana On

Segunda-Feira 20.nov.2017

Ano V - Nº 280

Super Banner na capa e em toda a revista

Veí­culos

Honda muda radicalmente a CB 1000R e revela uma nova CB 300R

Nova geração da naked de alta cilindrada ficou mais tecnológica, mas com visual retrô

Postado em 11 de Novembro de 2017   - Redação Semana On

A Honda revelou a nova geração da CB 1000R. Além da naked de alta cilindrada, a linha CB também ganhou as novas CB 125R e CB 300R, porém, esta última não tem nada a ver com a antiga CB 300R vendida no Brasil, que foi substituída pela CB Twister. São modelos de origem diferentes, mas com o mesmo nome.

A montadora também aproveitou para lançar no mercado europeu a nova geração da Gold Wing e uma atualização da Africa twin.

Mais tecnológica

A CB 1000 R foi totalmente remodelada, ganhando um visual mais retrô que a precedente CB 1000 R. Na verdade, a estética da moto mistura linhas clássicas com futuristas.

O modelo também ficou mais tecnológico, com acelerador eletrônico e 3 modos de pilotagem. A embreagem é assistida e possui sistema anti-deslizante, que evita seu travamento em reduções bruscas.

Seu motor de 4 cilindros e 998 cc, que é originário da esportiva CBR 1000 RR, ficou mais potente, passando dos 125 cavalos para 145,5 cavalos.

Apesar de carregar o mesmo nome da antiga CB 300R, que saiu de linha no Brasil, esta novidade apresentada a Europa é de uma outra linha. A antiga CB 300R brasileira era uma evolução da Twister 250, e terminou por ser substituída pela CB Twister.

Essa CB 300R europeia tem como base a esportiva CBR 300R, que não é vendida no Brasil. Seu motor de 1 cilindro e 286 cc rende 31,4 cavalos de potência.

Não há informações de que a CB 300R seja vendida no Brasil, mas caso isso acontecesse, ela não ficaria no mesmo segmento da CB Twister ou Yamaha Fazer 250. Ela competiria entre as urbanas "premium", como a BMW G 310 R e Yamaha MT-03.


Voltar


Comente sobre essa publicação...