Semana On

Quarta-Feira 13.dez.2017

Ano V - Nº 283

Super Banner na capa e em toda a revista

Campo Grande

Hospital do Câncer inaugura sala de tomografia

Equipamento foi adquirido com recursos de emendas federais e estaduais e instalado em sala no subsolo do hospital, edificada com suporte do Governo do Estado

Postado em 05 de Outubro de 2017   - Redação Semana On

Trabalho conjunto vem sendo feito pelo Governo do Estado com as bancadas estadual e federal para transformar o Hospital do Câncer Alfredo Abrão em referência no tratamento de oncologia de todo o Estado. Na manhã de segunda-feira (2), ao inaugurar a nova sala de tomografia computadorizada no local, Reinaldo Azambuja destacou o empenho dos parlamentares na aquisição do equipamento.

“Estamos construindo essa teia de parcerias para não deixar a burocracia pública afetar o tratamento das pessoas”, destacou o governador. Nesse caso, o empenho dos parlamentares com a gestão estadual permitirá ampliar a capacidade de atendimento de 350 pacientes ao mês – com o serviço de tomografia atualmente terceirizado – para mil diagnósticos mensais. 

O aparelho foi adquirido com recursos de emendas do deputado federal Geraldo Resende e coletiva dos deputados estaduais, e instalado no subsolo do prédio cujas obras foram concluídas com contrapartida do Estado. No local, também está em conclusão um bunker para abrigar o acelerador linear que permitirá dobrar o atendimento em radioterapia. O equipamento foi adquirido no ano passado, remanejado de Goiânia (GO), resultado de acordo entre o Governo do Estado e o Ministério da Saúde.

“Essas parcerias são fundamentais, com todos buscando avançar na oferta do serviço de qualidade do SUS [Sistema Único de Saúde]”, observou o governador, ao lembrar que 98% dos pacientes atendidos no Hospital do Câncer são via rede pública. “Estamos buscando fazer mais com menos, sermos mais efetivos, mais econômicos. O grande desafio de todos nós é propiciar um atendimento melhor à população e nosso compromisso continua até o final da obra para fazermos do Hospital do Câncer um local de referência no atendimento”, completou o governador, ao lembrar que quanto mais cedo for o diagnóstico maiores as chances dos pacientes.

Autor da emenda que custeou 50% do valor do equipamento, o deputado federal Geraldo Resende comemorou a ampla parceria com o governo que tem permitido a aquisição de diversos equipamentos contribuindo para melhorar o atendimento no hospital. “Nós fizemos uma grande parceria, recuperamos vários recursos que o hospital estava prestes a perder, e também conseguimos resgatar emendas de outros parlamentares que não tinham sido reeleitos, colocamos essa individual e tivemos envolvimento da quase totalidade dos deputados estaduais”, contou. “Eu tenho certeza de que nos próximos anos nós conseguiremos fazer desse hospital uma referência da oncologia não só para Mato Grosso do Sul mas de toda a região Centro-Oeste”, completou o parlamentar. 

Além da economia de R$ 120 mil ao mês estimada pela Fundação Carmem Prudente de Mato Grosso do Sul, que administra o hospital, a inauguração da sala própria de tomografia permite maior comodidade no tratamento dos pacientes, que tinham de se deslocar para fazer o diagnóstico em outros locais. “Nós ficamos quatro anos sem tomógrafo terceirizando o serviço. Agora nós temos um equipamento que serve para as tomografias e já é voltado para planejar o tratamento de radioterapia. Otimiza o tratamento”, adiantou o presidente da Fundação, Cláudio Machado. Segundo ele, o custo do equipamento no mercado é de R$ 1,2 milhão, mas a fundação conseguiu efetuar a compra por R$ 900 mil.

Homenagem

A sala de tomografia foi batizada em memória ao produtor rural Roberto de Oliveira Silva. Pai do governador Reinaldo Azambuja, ele lutou contra um câncer e não resistiu. Para o governador, a homenagem foi emblemática porque o local permitirá diagnosticar outros pacientes aumentando suas possibilidades de sobrevivência, com tratamentos aos quais seu pai não teve acesso.

“Agradeço por essa homenagem que deixará o nome do meu pai perpetuado em um local de diagnóstico que ajudará a avançar no combate à doença aumentando as chances dos pacientes”, comemorou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...