Semana On

Quarta-Feira 13.dez.2017

Ano V - Nº 283

Governo agetran

Auau Miau

11 coisas que quem ama cachorros precisa saber

É muito amor (e bizarrice) dentro de um serzinho só

Postado em 19 de Setembro de 2017   - Redação Semana On

Não faz muito tempo descobrimos que os cães fazem cocô alinhados com o campo magnético da Terra. Mas nem só de bizarrices vivem esses bichinhos. Na verdade, alguns fatos são bem fofos. Veja:

Cachorros sonham (e provavelmente sonham que estão fazendo "cachorrices")

Assim como os humanos, cães tem uma etapa do sono conhecido como REM (Rapid Eyes Movement), no qual os socnhos ocorrem. Como afirmou o especialista Stanley Coren, ao Live Science, esses animais sonham com coisas que gostam, como brincar e correr atrás de outros bichinhos.

Cães podem sentir o cheiro de doenças humanas

Um cachorro tem cerca de 200 milhões de células olfativas — muito mais que as 5 ou 6 milhões presentes em humanos. Isso possibilita que eles sintam cheiros peculiares: em uma pesquisa de 2009 os cães tiveram 90% de índice de acertos em uma pesquisa sobre o hálito de pacientes com câncer.

Labrador é a raça que as pessoas mais têm nos Estados Unidos

Desde 1990, os labradores são os cães mais comuns nas famílias norte-americanas, mostra o American Kennel Club, seguidos do Pastor Alemão e do Golden Retriver.

Focinhos são tão únicos quanto impressões digitais

É de conhecimento comum que dois cachorros não tem o mesmo focinho, assim como duas pessoas não têm a mesma impressão digital ou arcada dentária. Por isso desde 1938 alguns clubes registram os animais pelas marcas de seus "narizes".

Eles não sentem cheiros da mesma forma que os humanos

Além de terem milhões de células olfativas a mais, os cães desenvolveram esse sentido de maneira diferente da raça humana. É por isso que eles gostam tanto de rolar e encostar o focinho em locais fedidos para nós: provavelmente, para eles o odor é bem diferente.

Cachorros fazem uma "bolinha" na hora de dormir por instinto

Quando os bichinhos se enrolam para dormir eles podem não apenas estar com frio, mas também se sentindo vulneráveis e, portanto, protegem seus órgãos de possíveis predadores.

Saluki é a raça mais antiga do mundo — e ainda existe

Alguns historiadores identificam a raça Salukicomo a mais antiga do mundo, tendo surgido em 326 a.C. e vivido com os egípcios.

Cães entendem o que você está sentindo pelo tom da sua voz

Um estudo mostrou que os cachorros têm uma parte do cérebro dedicada a reconhecer a voz e seus diferentes tons. Por isso eles são capazes de diferenciar as emoções e os diferentes sentimentos de seus donos.

Chineses escondiam Pequineses em suas mangas (literalmente) para atacar

Os nobres chineses utilizavam cães da raça Pequinês como forma de espantar as pessoas. Sempre que sentiam ameaçados, imperadores, por exemplo, soltavam essas "ferinhas" para atacar e espantar a possível ameaça.

Cachorros não sentem remorso

A veterinária e cientista Suzan Hazel conta que cachorros não sentem nenhum tipo de remorso e aprenderam a fazer aquela carinha de coitado para sensibilizar os humanos a não brigarem com eles.

Há um lugar na Terra que parece o "paraíso dos cachorros"

Territorio de Zaguates, na Costa Rica, é um paraíso para amantes de cachorros: o lugar conta com 900 cãezinhos e, a melhor parte, pode ser visitado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...