Semana On

Sábado 21.out.2017

Ano V - Nº 276

Institucional

Mato Grosso do Sul

Região de Dourados planeja crescimento integrado

Investimento previsto chega aos R$ 3 bilhões

Postado em 09 de Agosto de 2017   - Redação Semana On - Publieditorial

Dourados e os municípios que o circundam vão receber, nos próximos três ou quatro anos, investimentos privados próximos a R$ 3 bilhões e o Governo do Estado já está trabalhando em parceria com essas prefeituras para que o crescimento econômico seja sustentável e integrado, permitindo que todos os setores da sociedade sejam beneficiados. Essa foi a razão principal que levou a Dourados o secretário adjunto de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Ricardo Senna, na segunda-feira (7). Ele estava acompanhado do superintendente de Meio Ambiente, C&T, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta.

“A região de Dourados vai experimentar um forte crescimento nos próximos anos com a implantação de grandes empreendimentos já confirmados, que beiram R$ 3 bilhões, e outros que com certeza virão nessa mesma perspectiva. E o governador Reinaldo Azambuja determinou que nós fizéssemos um trabalho conjunto com as prefeituras para potencializar esses investimentos de forma a adensar às cadeias produtivas, criando oportunidades para que os pequenos empreendedores forneçam ao menos parte dos materiais e insumos aos grandes, e assim gerando mais empregos e renda”, disse Ricardo Senna.

Senna e Beretta se reuniram com a prefeita de Dourados, Délia Razuk, com o vice-prefeito Marisvaldo Zueli, vereadores e secretários municipais na Prefeitura quando anunciaram as perspectivas de investimentos e anunciaram os planos para atuação conjunta. Em seguida estiveram com empresários na sede do Sebrae, em reunião articulada pela presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, Elizabeth Rocha Salomão.

Propeq Adensa

A ideia é envolver entidades do Sistema S, do comércio, indústria e agronegócio, universidades e poder público, dentro das ferramentas disponibilizadas pelo Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios (Propeq), que aproximará, por meio de rodadas de negócios, as empresas-âncoras das micros e pequenas empresas com potencial para fornecer algum tipo de produto ou serviço especializado.

Para Dourados já estão definidos investimentos de R$ 500 milhões, com destaque para um parque termal que planeja se instalar no distrito de Vila Vargas. Com isso, Dourados, que já tem consolidadas as cadeias do agronegócio, do comércio, da prestação de serviços nas áreas de Educação e Saúde, agora fortalece outro importante segmento que é o turismo, pontuou o secretário.

Outro aliado imprescindível nesse momento decisivo para o município é o Poder Legislativo, enfatizou Senna, pois cabe aos vereadores elaborar as leis necessárias que vão amparar os arranjos produtivos em formação, definir os incentivos e demais regras constantes na Lei Geral das Micros e Pequenas Empresas. No caso de Dourados, o secretário elogiou o envolvimento da Câmara Municipal e a disposição manifestada pelos vereadores presentes à reunião em ajudar. “A Câmara tem papel fundamental nesse processo, ao lado da Prefeitura”, disse.

Núcleo Industrial

O Governo do Estado e a Prefeitura de Dourados vão assinar, em breve, um termo de cooperação para que o município tenha conhecimento dos terrenos vagos no Núcleo Industrial de modo a direcionar a instalação das empresas que tenham interesse. “Queremos que a Prefeitura tenha informação de quais áreas estão disponíveis. Em seguida o empresário pode acessar o site da Semagro e preencher um formulário fazendo o pedido de instalação que nossa equipe vai entrar em contato”, explicou. O núcleo industrial de Dourados é gerido pelo Estado e está em processo de melhorias e ampliação com investimento de R$ 11 milhões.


Voltar


Comente sobre essa publicação...