Semana On

Quarta-Feira 27.mai.2020

Ano VIII - Nº 394

Legislativo

João Rocha busca recursos para conclusão de pista de atletismo

Comitiva do município se reuniu com o ministro Leonardo Picciani

Postado em 17 de Março de 2017 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Professor João Rocha, o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte, Rodrigo Terra e do senador sul-mato-grossense Pedro Chaves, se reuniram na terça-feira (14) com o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, com o objetivo concluir a pista de atletismo do Parque Ayrton Senna e recuperar outros parques da Capital.

Sonho antigo de moradores e atletas da Capital, a pista de atletismo foi um dos principais assuntos do encontro. A comitiva apresentou um pedido de atualização do projeto de R$ 6 milhões para R$ 9 milhões, além da redução da contrapartida, hoje de 43%, para 8%. “Queremos oportunizar à população desses bairros o acesso à áreas de lazer, à atividade física, que possam desfrutar do espaço que é do cidadão”, afirmou João Rocha.

O grupo também solicitou ao Ministério verba para recuperação dos parques Tarsila do Amaral, Jacques da Luz e do próprio Ayrton Senna. O cadastro do CNPJ da Prefeitura no Ministério para pleitear os recursos já foi autorizado. O presidente da Funesp, Rodrigo Terra, prometeu empenho para garantir os recursos. “Solicitamos a liberação para cadastrar o CPJ da prefeitura no programa, para protocolar o projeto.  O ministro já autorizou. Agora, apresentamos o projeto e aguardamos a aprovação e liberação do recurso”, explicou.

Rocha revelou ainda um convite feito para que o ministro participe, em Campo Grande, de uma audiência pública que discutirá o Sistema Municipal de Esportes, uma ação conjunta entre Câmara Municipal, Funesp e Prefeitura.

Histórico

No ano passado, Rocha foi pessoalmente ao Parque Ayrton Senna e constatou o abandono e as más condições de manutenção do local. "São décadas jogadas fora, é um crime o que estão fazendo com essa cidade. Aqui constatamos a realidade de Campo Grande hoje. São gerações jogadas fora. São 30 anos de trabalho jogado fora pela irresponsabilidade e falta de compromisso dessa administração para com a sociedade e o cidadão”, lamentou durante a visita.

Ao visitar a obra parada da pista de atletismo, João Rocha ficou consternado com a situação. O vereador, que já foi diretor da Funesp, foi responsável por viabilizar os recursos junto ao Ministério dos Esportes para a construção da pista de atletismo de alto nível, seguindo o padrão internacional, com piso artificial. A obra, no entanto, jamais ficou pronta.


Voltar


Comente sobre essa publicação...