Semana On

Sexta-Feira 27.nov.2020

Ano IX - Nº 420

Coluna

Novas regras para a bagagem começam a valer na próxima semana

Como fazer a mala de mão perfeita e driblar a taxa sobre itens despachados

Postado em 09 de Março de 2017 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Começam a valer na próxima terça (14) as novas regras sobre bagagens da Agência Nacional de Aviação Civil, segundo as quais as companhias aéreas poderão cobrar uma taxa por malas despachadas em voos domésticos e internacionais. Caberá às empresas definir se vão aderir à nova medida ou manter a gratuidade em algumas situações.

Pela regra anterior, malas com até 23 kg, no caso de voos nacionais, e de até 32 kg, para voos internacionais, estavam isentas de taxas. Para a Abear, associação das empresas aéreas, a medida vai ajudar a baratear as passagens.

As novas regras também incluem a mudança gratuita no nome na passagem, o cancelamento do bilhete sem custo até 24 horas depois da compra e a indenização por overbooking de até R$ 2.000. O peso máximo permitido para a bagagem de mão dobra de 5 kg para 10 kg.

Dicas para fazer a mala de mão e driblar a taxa sobre itens despachados

As regras sobre o que levar nas bagagens de mão não mudaram: continuam proibidos itens como armas, objetos cortantes e aerossóis, por exemplo.

Por outro lado, o peso máximo permitido para malas de mão dobrou de 5 kg para 10 kg. Esse aumento somado às novas taxas para despachar a mala devem fazer com que muita gente passe a considerar a hipótese de levar todos os itens apenas na cabine do avião. Mas será que é possível levar tudo em um único volume?

A pedido da Folha, a organizadora pessoal Carol Rosa montou duas malas: uma para homens e outra para mulheres, dentro dos limites criados pelas novas regras. "O ideal é separar as roupas por dia de viagem, aproveitando peças que podem ser usadas mais de uma vez, como calças jeans e sapatos neutros", afirma a organizadora, que levou em conta itens necessários para um roteiro de cinco dias (veja nesta página).

Para economizar espaço, Rosa recomenda que o passageiro já vá vestido durante o voo com as peças de maior volume, como casacos e botas. Outra dica é aproveitar os cantos da mala para encaixar sacos com acessórios ou sapatos.

Itens na bagagem

  • 1 calça jeans
  • 1 calça de moletom
  • 2 camisas polo
  • 3 camisetas
  • 1 short esportivo
  • 1 short de passeio
  • 1 agasalho de malha
  • 1 jaqueta
  • 1 par de tênis
  • 1 par de sapatos
  • 1 par de chinelos
  • 1 sunga
  • 1 cinto
  • 1 boné
  • 1 nécessaire de couro
  • 5 cuecas
  • 4 pares de meias
  • 1 carregador de celular
  • Peso da mala vazia 3,3 kg
  • Peso da mala cheia 9,6 kg
  • Bagagem para 5 dias

Itens na bagagem

  • 1 calça jeans
  • 1 calça legging
  • 1 short jeans
  • 1 vestido
  • 1 saia
  • 2 camisetas
  • 2 regatas
  • 1 colete
  • 1 blusa de malha
  • 1 camisola
  • 1 par de tênis
  • 1 par de sapatilhas
  • 1 par de chinelos
  • 2 biquínis
  • 1 saída de praia
  • 1 bolsa de praia
  • 1 chapéu dobrável
  • 1 nécessaire de plástico
  • 2 sutiãs
  • 3 meias
  • 5 calcinhas
  • 1 carregador de celular
  • 1 chapinha
  • 1 adaptador universal
  • Peso da mala vazia 3,3 kg
  • Peso da mala cheia 8,9 kg
  • Bagagem para 5 dias

Voltar


Comente sobre essa publicação...