Semana On

Segunda-Feira 20.nov.2017

Ano V - Nº 280

Gov Refis

Auau Miau

Cães e macacos sabem quando você é antiético

Eles não só percebem que alguém está sendo canalha como podem negar um petisco dado por pessoas más

Postado em 02 de Março de 2017   - Redação Semana On

Há quem diga que moral é o que você faz certo quando todo mundo está vendo, e ética o que você continua fazendo certo mesmo depois que não há ninguém mais vendo. É um pouco mais complicado do que isso: a moral são as regras que mantém uma sociedade funcionando, e a ética é o ramo da filosofia que investiga essas regras. Se você vê uma regra que não faz sentido dentro dos seus princípios pessoais e decide desrespeitá-la, você será ético sem ser moral, e é assim que voltamos à explicação do começo.

Tudo isso parece uma questão cabeça típica do cérebro humano, tão cheio dúvidas existenciais. Mas um grupo de pesquisadores da Universidade de Kyoto, no Japão, descobriu que cães e macacos não só entendem o que pode e não pode no mundo de seus donos como também julgam nossas atitudes e nos punem por elas.

Na primeira fase do experimento, macaco-pregos assistiram a uma cena com dois finais possíveis: em um deles, uma pessoa que está com dificuldades para abrir uma lata pede ajuda para alguém que está perto, que aceita colaborar. Na outra, o interlocutor é rude e não dá uma mãozinha. Também havia uma situação de controle, usada de referência para medir as reações dos animais. Nela, uma personagem neutra simplesmente ignora a situação.


Voltar


Comente sobre essa publicação...