Semana On

Sexta-Feira 22.nov.2019

Ano VIII - Nº 372

Mato Grosso do Sul

HR de Três Lagoas tem recurso em caixa e ordem de serviço sai em 15 dias, anuncia governador

Unidade vai contar com 138 leitos e terá 23 mil metros quadrados

Postado em 10 de Fevereiro de 2017 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O governador Reinaldo Azambuja anunciou nesta semana que está liberada a licitação e homologação do Hospital Regional de Três Lagoas. A unidade vai contar com 138 leitos e ser construído em terreno doado ao município pelo empresário Magid Thomé Filho, no Distrito Industrial de Três Lagoas (rodovia BR-158), com uma área de 23 mil metros quadrados.

“Hoje temos várias boas notícias para a região da Costa Leste. Quero anunciar que saiu a licitação e homologação do Hospital Regional de Três Lagoas, que vai ser construído e administrado pelo estado. Vamos dar ordem de serviço dentro de 15 dias. É uma boa notícia porque a saúde está sendo pensada regionalmente. Nossa estrutura obedece a uma lógica, que vai fortalecer os polos regionais. Além de dar a ordem de serviço, temos R$ 55 milhões já em caixa, para que a obra inicie e tenha velocidade”, comemorou Reinaldo.

O processo licitatório para a execução da obra tramita desde a sua retomada no dia 24 de novembro. De acordo com o secretario de Obras, Marcelo Miglioli, no dia 9 de dezembro durante uma reunião sobre a habilitação das empresas, outras empreiteiras que não estavam habilitadas entraram com pedido de suspensão do processo. Agora, a licitação será finalizada.

O HR de Três Lagoas faz parte do conjunto de mais de 200 do programa Obra Inacabada Zero. Orçada em R$ 68.457.415,73, obra conta com financiamento de R$ 41 milhões em recursos próprios, via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), aprovado em maio de 2016. A obra deveria ter sido iniciada em 2014, contudo houve desistência da empresa contratada e a atual gestão constatou incorreções no projeto original, que passou por readequações.

Após finalizado, o complexo auxiliará os atendimentos do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, principalmente nas especialidades de trauma para pacientes de todos os municípios da região Leste e do Bolsão. Além do atendimento à população, a unidade também atenderá as demandas dos alunos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Três Lagoas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...