Semana On

Quarta-Feira 02.dez.2020

Ano IX - Nº 421

Coluna

2017!

Estamos te esperando!

Postado em 23 de Dezembro de 2016 - Josceli Pereira

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O que esperar deste novo ano que se aproxima? O que os astros descrevem para ele? E a numerologia? O ano de 2017 é um ano de energia 1, o início de um ciclo que começa agora e só terminará em 2025. É um ano 1 pois resulta da soma de seus algarismos: 2017 = 2+0+1+7 = 10 = 1+0=1. Por esta previsão, um novo ciclo se inicia e nos apresenta uma esperança de dias melhores. O antigo ano fecha um ciclo que, para uma multidão de pessoas, não trouxe a tranquilidade esperada.

É difícil fazer uma retrospectiva que agrade a todos. O país está dividido e dificilmente teremos uma uniformização dos conceitos da população. Somos uma grande massa populacional desordenada nos objetivos e conceitos do que seja certo ou errado. Temos uma pluralidade de posicionamento. Estamos escalonados por classes sociais e grupos de interesse e esperamos sempre que os destinos do país sigam aquele pelo qual garanta o nosso bem estar, mesmo que isto incorra em prejuízo ao restante da população.

Defendemos bandeiras ideológicas, crenças e dogmas. Por elas vamos às últimas consequências. Aprendemos a impor nosso pensamento. Dificilmente aceitamos a opinião alheia. Esta guerra que travamos com a coletividade sem uma reflexão mais aprofundada, nos individualiza nos conceitos e muitas vezes, nos torna um ser diferente.

Passamos atualmente por mudanças profundas das Leis do país que vão ajustar a vida de todos os seus habitantes. São remédios amargos para uma doença que não sabemos onde começou e quais as suas verdadeiras causas. Na cronologia do tempo, cada um de nós atribui uma data baseada no seu entendimento, muitas vezes desprovida de fundamentação legal.

Para muitos a caça às bruxas ainda é o objetivo principal. Não se fixa o olhar no futuro que é para onde estas medidas vão impactar nossa existência como cidadãos. Mas vamos avançando... que venha mais um ano novo cheio de esperança. Que as pessoas possam realmente sentir na pele a sua verdadeira função enquanto cidadão, capaz de ajudar para que o nosso país possa voltar a ser uma grande nação. Que esta medida possa ser iniciada pela nossa conduta enquanto participante desta conjuntura chamada sociedade.

Seja bem-vindo 2017! Sinta-se em casa!


Voltar


Comente sobre essa publicação...