Semana On

Sexta-Feira 05.mar.2021

Ano IX - Nº 433

Coluna

A semana política em MS

Marco Eusébio traz as notícias que fizeram a crônica sul-mato-grossense.

Postado em 06 de Maio de 2016 - Marco Eusébio

O pau quebrou na Câmara.<br>:Foto: Fernando Antunes (Campo Grande News) O pau quebrou na Câmara.
:Foto: Fernando Antunes (Campo Grande News)

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Que mer...

Do Ancelmo Gois em blog no O Globo: "Um Ministério com pessoas encrencadas na Lava-Jato e um ministro das Ciências indicado por uma igreja passam a impressão de que a futura equipe de Temer faz jus ao ditado português que diz 'a merda é a mesma, as moscas é que mudam'. Com todo o respeito."

Leia mais no Marco Eusébio in Blog

 

Vídeo do circuito interno da Câmara mostra como começou briga envolvendo repórter

Vídeo do circuito interno da Câmara dos Vereadores de Campo Grande mostra como começou a briga envolvendo o repórter Elson Pinheiro, da Rádio Difusora Pantanal AM, com um manifestante que seria servidor municipal. Elson afirma que foi agredido e reagiu. O prefeito diz que o radialista é que teria agredido o cidadão. Veja as imagens acima e tire suas próprias conclusões.

Leia mais no Marco Eusébio in Blog

 

Petição online pede cassação de Durães

Petição online no site Avaaz.org está colhendo assinaturas pedindo à Câmara de Campo Grande a cassação do mandato do vereador Roberto Durães (PSC) por ter ofendido, pelo microfone da Casa, a mãe do prefeito Alcides Bernal (PP), dizendo que a conhecia "no silêncio dos edredons". Depois da repercussão negativa, o vereador pediu desculpas e admitiu não conhecer a senhora de 87 anos. A petição criada ontem por um internauta identificado como Leandro de Moura R., ultrapassou a 300 assinaturas na manhã desta sexta-feira. O secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, que foi chamado recentemente de "asqueroso" e "cachorrinho de madame" pelo vereador a abriu processo criminal por injúria e difamação contra ele, tem repassado o link da petição (acesse aqui) aos seus contatos no Whatsaap.

Leia mais no Marco Eusébio in Blog

 

Assembleia anula licitação para concurso

Conforme antecipei no mês passado, a Assembleia Legislativa anulou a licitação ganha pela empresa paranaense Oppus Concurso para realizar o primeiro concurso público do Legislativo estadual para contratação de servidores. Alertado de que a empresa havia apresentado valor muito baixo, de R$ 79,9 mil, Junior Mochi, temendo falha no concurso, mandou levantar preços de mercado e constatou a irregularidade. Além disso, a Opus foi alvo de B.O. registrado por uma prefeitura paranaense recentemente por irregularidades no serviço. Como já havia dito aqui ao Blog, Mochi vai convidar as três principais prestadoras desse tipo de serviço no País - as fundações UnB, Getúlio Vargas e Carlos Chagas - para que apresentem propostas visando realizar o concurso.

Leia mais no Marco Eusébio in Blog

 

Para Marun, Supremo fez cortesia ao PT ao afastar Cunha antes de Dilma ser afastada



– "Penso que o STF fez uma cortesia ao PT. Afastou Cunha antes de a Dilma ser afastada. Talvez tenha atendido o último pedido de Dilma antes do fuzilamento." Deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), integrante do grupo aliado de Cunha, ao comentar o afastamento hoje do presidente da Câmara do mandato, por decisão unânime do Supremo, em mensagem enviada via Whatsapp ao Blog lá de Beirute, onde participa da "Lebanese Diaspora Energy" (energia da diáspora libanesa) encontro anual que reúne libaneses e descentes que se destacam nas áreas política, empresarial e científica de diversos países.

Leia mais no Marco Eusébio in Blog

 

É o cúmulo do absurdo. Acabou!' diz prefeito Bernal sobre vereador que ofendeu sua mãe

O prefeito Alcides Bernal (PP) está agora na Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande, acompanhado de um grupo de mulheres, para entregar queixa-crime coletiva contra o vereador Roberto Durães (PSC) que ofendeu sua mãe afirmando pelo microfone da Câmara que a "conhece muito bem" sob "o silêncio dos edredons" (leia e veja vídeo aqui) e depois admitiu nem conhecer a senhora de 87 anos. Bernal entregou representação contra Duarães ao corregedor-geral do Ministério Público Estadual, Mauri Valentim Riciotti. "A violência intencional e grave praticada por vereadores de Campo Grande, no plenário da Câmara, contra uma mulher, mãe, idosa e indefesa é o cúmulo do absurdo. Acabou!" disse o prefeito.

Leia mais no Marco Eusébio in Blog


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Publicidade