Semana On

Quarta-Feira 02.dez.2020

Ano IX - Nº 421

Coluna

Alaska, de RPDR, é a estrela de março no Daza

É a segunda vez que uma drag do cast de RPDR vem a Campo Grande.

Postado em 18 de Fevereiro de 2016 - Guilherme Cavalcante

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Hello, hello, hello! A essa altura do campeonato acho que quem é fã da cultura drag já sabe que Alaska Thunderfuck, uma das draga queens mais aclamadas do mundo e participante do Rupaul's Drag Race vai dar uma paradinha em Campo Grande, no Daza, já no próximo mês. Alaska é sem dúvidas uma das minhas performers favoritas, que não estava pronta, ainda, para ser a 'America Next Drag Superstar', mas que atualmente nem precisa passar por uma repescagem para ser considerada ganhadora do título.

Alaska tem um timing impressionante, consegue dar respostas rápidas e engraçadas sem muita dificuldade. É péssima dançarina, mas nem precisa dançar para mostrar a que veio. Duvida? Dá uma olhada nos looks que ela ostentou na quinta temporada de RPDR:



Durante a season que a lançou, Alaska passou boa parte na sombra da ex-namorada Sharon Needles, que ganhou a temporada anterior (basicamente foi assim: Alaska se inscreveu desde o início e nunca foi selecionada. Daí, cansada de esperar, Sharon se inscreveu e pá, foi selecionada e ganhou). Mas, aos poucos Alaska foi mostrando que tinha, sim, personalidade forte e criatividade. Talvez o grande problema tenha sido associar-se ao grupo Rolaskatox, com as draga Detox e Roxxy Andrews - Roxxy uma verdadeira pajeando bitch drag queen. No trio, muito do talento de Alaska foi ofuscado.

Mesmo assim, ela foi finalista e, mesmo perdendo para Jinkx Monsoon, continuou aclamada no mercado, fazendo, inclusive, participações nas outras temporadas (na sétima, ela incorporou Anne Wintour numa das provas em que foi 'jurada'). O relacionamento com Sharon não continuou, apenas a amizade. Sabe-se lá porque, não quis saber. O fato é que está rica, riquíssima, cada dia mais poderosíssima.



Das coisas maravilhosas que tiveram a participação de Alaska, acho que um dos destaques vai para Lil'Pound Cake, a boneca miss que foi um desafio da quinta temporada. Desbocada e totalmente fora do padrão pageant, Lil'Pound Cake tem até perfil hilário no Twitter. É uma clara reação da criatividade inquieta de Alaska.



Outro 'produto' excelente de Alaska é o videoclipe de Ru Girl, em que a performer conta de forma autobiográfica como é fazer parte do seleto grupo de drag queens de RPDR (que este ano chegará a 100 participantes). E de quebra ainda faz piada com as participantes. Para quem está com o inglês em dia.



A apresentação de Alaska acontece no dia 18, no Daza. Precinho nada camarada, mas justo pelo peso da atração: show R$ 70,00 e Meet & Greet (com ingresso para o show e direito a tirar fotos com ela) por R$ 170,00. Outras informações sobre pontos de venda você encontra clicando AQUI.

 

E falando em Drag Race...



O cast da oitava temporada já está no ar, que já começa no próximo dia 7 de março, no canal a cabo Logo. Como sempre, a gente dá aquele jeitinho de assistir por aqui, basta ficar antenado na comunidade All Rupaul, no Facebook. Serão 12 queens, que disputam o prêmio de 100 mil dólares e o título de 'America Next Drag Superstar', na edição que comemora 100 draga queens escaladas para a competição. Explode, coração!


Voltar


Comente sobre essa publicação...